conecte-se conosco


Cultura

Romeu e todo humor de Totó Bodega na Estação TJ

Publicado

em

Ele ficou conhecido com o personagem cuiabano Totó Bodega que surgiu no ano 2000 na comédia “Quebra Gaio “escrita e dirigida por J. Astrevo Aguiar e encenada por Nico e Lau, mas desde a década de 80 já atuava profissionalmente em peças de teatro e de 2003 para cá atua em pelo menos uma novela da Rede Globo, como “Deus Salve o Rei” a última que gravou. E também faz cinema com participações em sete curtas metragens e três longas e já foi premiado no Festival de Cinema de Mato Grosso como ator revelação.
Esse é um pedacinho do currículo do ator Romeu Benedicto, que falou nesta quarta-feira (08 de agosto) aos microfones da Estação da Arte, da rádio web Estação TJ, um pouco da sua carreira artística que começou aos 18 anos e já ganhou proporções nacionais. Mas, o que muitos dos seus fãs não sabem e ele contou hoje é que na infância ele já fazia pequenas encenações nas festas da família imitando Didi (Os Trapalhões), alguns personagens de Jerry Lewis, Oscarito e outros artistas do humor.
No microfone do Estação da Arte, comandado por Cristina Azevedo e Maíra Matos, Romeu trouxe Totó Bodega que arrancou algumas risadas ao contar uma de suas estórias. O ator revelou os projetos para o personagem que é inspirado em um morador ribeirinho que ele conheceu quando criança em suas férias no Coxipó do Ouro. Conforme lembrou, um trabalhador rural que teve de deixar o campo para viver na cidade (êxodo rural) e sem formação profissional se tornou “especialista em fazer todo tipo de bico”.
Aliás, “Especialista” é o nome do espetáculo de 60 minutos protagonizado pelo personagem cuiabano que em setembro entra em sua segunda temporada. Só que agora, destaca a sinopse, ele tá impossível, acaba de completar a maioridade, está mais faceiro do que nunca. Vai revelar segredos incontáveis, fazer confissões perigosas, além de interpretar músicas de sua autoria e paródias impagáveis.
Totó Bodega, que também representou Mato Grosso e Cuiabá em vídeo realizado pelo Ministério dos Esportes, apresentando a cidade-sede da Copa do Mundo – Cuiabá, lembrou ainda Romeu, tem todas as características do povo ribeirinho, “um povo simples e de um linguajar simples, que tem muito a oferecer sem pedir nada em troca e eu tenho muito orgulho e prazer de levar para onde eu for”.
Cuiabano, nascido na Avenida General Mello, no Centro, o ator traz ainda na carreira passagem pela Europa onde ficou por quatro meses entre Portugal e Espanha rodando um filme com o cineasta Amauri Tangará. O que, além de uma grande oportunidade, ele classificou como “doloroso” por conta de ter ficado tanto tempo longe da família e não pensa mais repetir. E próximo ao Dia dos Pais, ele contou que é pai de dois adolescentes, a Fernanda de 14, e o Heitor de 13 anos.
Fazem parte dos novos projetos do ator ainda o filme “Lupi” do cineasta Bruno Bini, o “Juri” um curta da Samantha Col Debela, e o espetáculo infantil “Caixa de Brinquedo” que prepara outubro, o mês das crianças.
Sílvia Devaux/Fotos: Otmar de Oliveira (F5)

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Espetáculo Retalhos: Bordando Histórias” será apresentado no Zulmira Canavarros

Publicado

em

Com ingresso solidário de 2 kg de alimentos, evento presta homenagem aos 300 anos de Cuiabá

 

Imagine se pudéssemos extrair de cada experiência da vida, um aprendizado. Se pudéssemos lembrar de todas as pessoas que passaram por nós e nos ensinaram algo precioso. E, assim, costurar tudo isso e guardar em nossa memória para que soubéssemos: “Quem Somos” de verdade.

 

Estas e muitas outras reflexões farão parte do espetáculo Retalhos: bordando histórias, produzido e encenado pela equipe de teatro da Nova Acrópole Cuiabá, com a participação do artista mato-grossense, Edmilson Maciel e do Grupo Vocal ‘Mesa pra 6’. O evento ocorre neste sábado (23/03), às 19h, no Teatro Zulmira Canavarros, com ingresso solidário de 2 kg de alimentos não perecíveis, doados para a Sala da Mulher.

 

O enredo do espetáculo apresenta as memórias de uma bordadeira mato-grossense que tece uma colcha de retalhos ao mesmo tempo em que conversa com o neto. Para cada retalho, uma história contada por meio de poesias, músicas e danças, com destaque para trechos das obras de Cora Coralina, Milton Nascimento e Fernando Brant, Almir Sater, Fernando Pessoa, Oswaldo Montenegro e outros.

 

“Todos nós somos partes que compõem a História da Humanidade, da mesma forma, cada experiência que passamos e as pessoas que conhecemos compõem nossa História de Vida. Neste espetáculo queremos levar o público a uma imersão simbólica e bela de distintos momentos da vida, e como podemos extrair a essência de tudo que nos acontece. Queremos que os participantes sejam envolvidos por essa energia de união e encantamento”, revela a roteirista, Aline Almeida.

 

Dia da Arte

 

O ‘Dia da Arte’ é uma das datas mais importantes celebradas pela Organização Internacional Nova Acrópole e visa o despertar humano em um dos seus aspectos mais visíveis, por meio da beleza. O evento ocorre simultaneamente nas mais de 80 escolas de filosofia da Nova Acrópole em todo Brasil.

 

Serviço:

Abertura: Grupo Vocal Mesa pra Seis

Espetáculo: ‘Retalhos: Bordando Histórias’

Data: Sábado, 23/03

Horário: 19h às 21h

Local: Teatro Zulmira Canavarros

Ingresso: 2 Kg de alimentos doados para a Sala da Mulher

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana