conecte-se conosco


Política MT

Rogerinho pede que UCMMAT apresente moção de repúdio a secretário por barrar vereadores no Pronto Socorro; assista

Publicado

em

O vereador Rogério França Martins, o Rogerinho da Dakar (PV), mostrou indignação ao comportamento do secretário de Ordem Pública de Cuiabá, coronel Leovaldo Salles, que impediu os vereadores Abilío Junior (PSC), Felipe Wellaton (PV), Diego Guimarães (PP) e Marcelo Bussiki (PSB), de fiscalizar o Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá na semana passada.

Rogerinho sugeriu que a Câmara de Várzea Grande encaminhasse à

União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (UCMMAT), um pedido  de repúdio coletivo contra a postura do secretário, que barrou os parlamentares durante visita, para constatar denúncia de falta de insumos na unidade.

Segundo Dakar, a atitude do coronel é inaceitável e todos os vereadores do Estado devem manifestar apoio aos colegas da capital.

“Nós temos a prerrogativa de fiscalizar o Executivo, eles estavam apenas cumprindo uma de suas funções e foram praticamente colocados para fora, fiquei indignado, repudiado, empurrar vereador, que estava fiscalizando, pelo vídeo da para ver o autoritarismo do secretário, peço que a Ucmmat, nos ajude nesta luta, não podemos deixar este tipo de coisa e ficar calado”, declarou.

Para Rogerinho, o vereador não pode ser barrado em nenhum órgão público, principalmente para uma fiscalização de rotina ou para apurar fatos denunciados pela população.

O presidente da Câmara, vereador Fábio Tardin, o Fabinho (DEM), acatou o pedido e reafirmou a independência entre os poderes.

 

Outro lado

A prefeitura de Cuiabá divulgou uma nota para explicar porquê os vereadores Abílio Júnior (PSC), Dilemário Alencar (PROS) Felipe Wellaton (PV) e Diego Guimarães (PP) foram retirados do Pronto Socorro por ordem do coronel Leovaldo Sales, secretário de Ordem Pública do Município.

Conforme a nota, os vereadores, decidiram fazer uma fiscalização no Pronto Socorro, porém necessitam seguir as regras do Hospital, como por exemplo horário de visitação, questão de controle de infecções, além de respeito à privacidade dos pacientes, que estão internados por estarem doentes.

“Apesar dos vereadores serem autoridades eleitas pela população, eles também são cidadãos como todos os outros e sendo assim precisam respeitar as regras do hospital”, fiz trecho da nota.

A gestão municipal também esclareceu que, assim que foi informada sobre a falta de insumos no Pronto Socorro, tomou as providências, sendo que, os problemas já foram solucionados.

Fonte: Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal vai ouvir Aldo Locatelli

Publicado

em

Amanhã (23), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal vai ouvir o empresário do ramo de combustível em Mato Grosso, Aldo Locatelli. A pedido do depoente, Locatelli, a oitiva será feita a portas fechadas, sem a presença de público e da imprensa. Além das reuniões da CPI, a Assembleia Legislativa tem outras atividades como quatro sessões ordinárias e a instalação da Frente Parlamentar em Defesa dos Servidores Públicos.

Confira abaixo agenda da semana. Vale lembrar que a mesma pode ser alterada durante a semana.

Segunda-feira (22)
Em sessão solene, o deputado Elizeu Nascimento (P) faz uma homenagem ao Patrono da Polícia Militar Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes. Durante o evento, o parlamentar vai homenagear os policiais militares com a entrega de moções de aplauso. A solenidade será realizada às 15 horas, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Terça-feira (23)

Às 9 horas, os deputados da CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal vão ouvir o empresário do ramo de combustível Aldo Locatelli. Mas a oitiva, a pedido de Locatelli, será a portas fechadas, sem acesso do público e da imprensa. O empresário será a terceira pessoa a ser ouvida pela CPI, na semana passada foram ouvidas a procuradora do MPE, Ana Cristina Bardusco e o auditor do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Joel Bino. A oitiva será na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201.

Às 9 horas, na sala das comissões, será instalada a Frente Parlamentar em Defesa dos Servidores Públicos. A Frente será coordenada pelo deputado João Batista (PROS), autor do requerimento solicitando a sua instalação. A reunião será na sala das comissões Sarita Baracat, 202.

À tarde,  às 14 horas, na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201, os deputados da Comissão de Constituição e Justiça e Redação realizam a sétima reunião ordinária da 19ª Legislatura. Na pauta tem 13 proposições – entre projetos de lei e vetos – para serem analisadas pela CCJR.

Às 17 horas, horário regimental, os deputados realizam a primeira sessão ordinária da semana.

 

Quarta-feira (24)

Às 8 horas, os deputados voltam a se reunirem no Plenário das Deliberações para mais uma sessão ordinária.

Às 14 horas, os deputados membros da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social voltam a se reunir para discutir e votar proposições que estão tramitando na comissão. A reunião será na sala de reuniões Depurada Sarita Baracat, 202.

Já às 16 horas é a vez de os deputados da Comissão de Trabalho, Administração e Serviços Públicos se reunirem na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201.

Às 17 horas acontece mais uma sessão ordinária.

Quinta-feira (25)

Prevista para começar às 8 horas, a última sessão ordinária da semana.

Às 14 horas, na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201, os deputados que compõem a CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal devem ouvir o secretário-chefe de Casa Civil,  Mauro Carvalho,  o procurador-geral do Estado, Francisco de Assis,  o secretário de Estado de Fazenda,  Rogério Gallo, o secretário-adjunto, Fábio Pimenta e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico,  César Miranda.

O deputado Valdir Barranco (PT) realiza audiência pública, às 14 horas, para discutir com a sociedade o projeto de lei anticrime que combate, principalmente, a corrupção e a violência,  do Ministro da Justiça e Segurança Pública,  Sérgio Moro. A audiência está marcada para o auditório Licínio Monteiro.

Enquanto isso, às 16 horas, o deputado Romoaldo Júnior (MDB) realiza audiência pública para debater a situação da central de abastecimento do Estado de Mato Grosso. A audiência, com as pessoas ligadas ao assunto, foi marcada para o auditório Milton Figueiredo.

Sexta-feira (26)

A Assembleia Legislativa realiza sessão especial, às 9 horas, em Porto Alegre do Norte – no pátio da empresa Sete Agrícola na BR -158, Km 05 – distante 1.131 quilômetros de Cuiabá – para debater o 10º Fórum Político. A sessão foi solicitada pelo deputado Dr. Eugênio (PSB).

Em Sorriso, distante 398 quilômetros de Cuiabá, o deputado Xuxu Dal Molin (PSC) realiza audiência pública, às 17 horas, para debater a situação da saúde pública nos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal Público do Vale do Teles Pires. A audiência será no Centro de Eventos Ari José Riedi, no auditório Farroupilha.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana