conecte-se conosco


Política MT

Rogerinho cobra que empresa refaça serviço de pavimentação asfáltica no bairro Ikaray

Publicado

em

O vereador por Várzea Grande, Rogério França Martins – Rogerinho da Dakar (PV), cobrou durante sabatina do secretário municipal de Viação e Obras, Luiz Celso de Morais Oliveira, na noite desta quarta-feira (08), na Câmara Municipal, que a empresa responsável pela obra do PAC no bairro Jardim Ikaray seja notificada para refazer a obra.

Rogerinho alertou que o serviço concluído em 2018, já apresenta inúmeros problemas, como buracos, rachaduras, o que ocasiona transtornos para a comunidade.

O parlamentar lembrou que todas as obras, tem garantia de cinco anos e que o secretário deve ser enérgico na cobrança, para que o asfalto seja reconstruído, com todas as qualidades técnicas exigidas no contrato.

Em 2018 foram realizadas obras de esgotamento sanitário, drenagem e pavimentação asfáltica no Jardim Ikaray, dentro do pacote de obras do PAC lançado pela prefeitura municipal, que contemplou outros bairros como Frutal de Minas e Jardim Paula II.

“Temos que ter critérios na seleção destas empresas, mas como o serviço já foi realizado, peço ao senhor secretário que exija que o trabalho seja realizado novamente, uma vez que está praticamente deteriorado, o asafalto que foi entregue aos munícipes, vou fiscalizar, pois é recurso público, quero um serviço de qualidade”, finalizou.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Misael Galvão critica projeto do Cota Zero

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PSB), participou da audiência pública sobre o projeto intitulado de “Cota Zero” realizada na noite desta quinta-feira (22) na Câmara Municipal de Santo Antônio do Leverger (30 km de Cuiabá).

A audiência pública se refere ao Projeto de Lei n°. 668/2019, que dispõe sobre a Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável da Pesca, regula as atividades pesqueiras e dá outras providências. Na prática, a mensagem prevê a proibição do abate e transporte de peixe nos rios de Mato Grosso pelo período de cinco anos.

Misael Galvão criticou o projeto e disse que é preciso pensar nos pescadores e empresários do ramo. “Estou participando ativamente dessa discussão por Cuiabá ser uma cidade com muitas comunidades ribeirinhas. Recentemente fizemos uma audiência pública na Câmara de Cuiabá e agora estamos apoiado as outras cidades como Santo Antônio e, em breve, Cáceres”, destacou Misael.

Em tramitação na Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e de Regularização Fundiária da Assembleia Legislativa, o tema está sendo amplamente debatido antes da análise em Plenário.

O encontro com pescadores e representantes do segmento no município de Santo Antônio foi solicitado pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Dudu Moreira (PSB).

Objetivo foi discutir com a sociedade local e sanar qualquer divergência entre a classe, bem como avaliar os impactos econômico e ambiental da proposta, tendo em vista que a pesca é uma das principais atividades que movimentam a economia da região.

CUIABÁ – No último dia 14, o Legislativo Cuiabano também realizou uma audiência pública para debater o assunto. Para Misael, esse debate é extremamente salutar, tendo em vista a importância da matéria, principalmente para a baixada cuiabana.
Kamila Arruda | Câmara Municipal de Cuiabá

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana