conecte-se conosco


Política MT

Projeto de Lei de Max Russi declara de utilidade pública Associação Atlética Cuiabá Arsenal

Publicado

em

Mais de 1200 ex-atletas já foram encaminhados pela associação, sendo dois com bolsa de estudo em faculdades do Estados Unidos

Desempenhando uma papel social, que vai além do incentivo a prática do futebol americano em Mato Grosso, a Associação Atlética Cuiabá Arsenal tem a chance de se tornar de utilidade pública. Essa é a intenção do Projeto de Lei nº 496/2019 apresentado nessa quarta-feira (08) pelo primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, o deputado Max Russi (PSB). O objetivo é que a entidade esteja apta a receber verbas públicas e outros benefícios legais.

Em termos mais claros, caso haja a aprovação do PL e a sanção da lei, por parte de governo do estado, a associação poderá reivindicar, junto aos órgãos competentes, isenções de taxas e acesso a verbas destinadas à continuidade dos trabalhos desenvolvidos.

“Essa é uma entidade que não tem vinculação de qualquer natureza partidária, política ou religiosa e que não permite discriminação de raça, cor ou sexo, além de prestar em relevante serviço a sociedade”, justificou o parlamentar.

O presidente da Associação Atlética Cuiabá Arsenal, Deneval Barbosa Pereira Júnior, está otimista e ressaltou os diversos trabalhos sociais prestados pela entidade, que já trouxeram benefícios a mais de 6500 pessoas, além da ação ativa no desenvolvimento do esporte no estado, exemplificados a partir da criação e preparação das equipes de futebol americano de Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, dentre outras regiões.

“Todas as ações que a gente realiza tem um cunho social. A gente faz campanha de doação de sangue, para repor sangue do Hemocentro, fazemos arrecadação de alimentos não perecíveis para doar a instituições, além de campanhas de conscientização. É muito importante para nós o reconhecimento desse trabalho, que a gente faz no dia a dia, de sol a sol. Abre portas para nós”, destacou.

Fonte: Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Misael Galvão critica projeto do Cota Zero

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PSB), participou da audiência pública sobre o projeto intitulado de “Cota Zero” realizada na noite desta quinta-feira (22) na Câmara Municipal de Santo Antônio do Leverger (30 km de Cuiabá).

A audiência pública se refere ao Projeto de Lei n°. 668/2019, que dispõe sobre a Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável da Pesca, regula as atividades pesqueiras e dá outras providências. Na prática, a mensagem prevê a proibição do abate e transporte de peixe nos rios de Mato Grosso pelo período de cinco anos.

Misael Galvão criticou o projeto e disse que é preciso pensar nos pescadores e empresários do ramo. “Estou participando ativamente dessa discussão por Cuiabá ser uma cidade com muitas comunidades ribeirinhas. Recentemente fizemos uma audiência pública na Câmara de Cuiabá e agora estamos apoiado as outras cidades como Santo Antônio e, em breve, Cáceres”, destacou Misael.

Em tramitação na Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e de Regularização Fundiária da Assembleia Legislativa, o tema está sendo amplamente debatido antes da análise em Plenário.

O encontro com pescadores e representantes do segmento no município de Santo Antônio foi solicitado pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Dudu Moreira (PSB).

Objetivo foi discutir com a sociedade local e sanar qualquer divergência entre a classe, bem como avaliar os impactos econômico e ambiental da proposta, tendo em vista que a pesca é uma das principais atividades que movimentam a economia da região.

CUIABÁ – No último dia 14, o Legislativo Cuiabano também realizou uma audiência pública para debater o assunto. Para Misael, esse debate é extremamente salutar, tendo em vista a importância da matéria, principalmente para a baixada cuiabana.
Kamila Arruda | Câmara Municipal de Cuiabá

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana