conecte-se conosco


Esportes

Programa Bom de Bola, Bom de Escola tem início com 800 inscritos

Publicado

em

As atividades do Programa Bom de Bola, Bom de Escola (BBBE), em 2019 tiveram início nesta terça-feira (16). As aulas estão sendo realizadas em quatro dias da semana, nos períodos matutino e vespertino, sempre no contra turno escolar. Nas terças e quintas-feiras entram em campo os inscritos na modalidade futebol, já as aulas de futsal acontecem nas quartas e sextas-feiras.

O programa foi ampliado este ano por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro e acontecerá em quatro polos, no CPA, Pedra 90, Coophamil e Dom Aquino. No total 800 crianças e adolescentes de 6 a 14 anos estão inscritas no Bom de Bola, Bom de Escola, o dobro do ano passado. Considerado um dos projetos sociais mais importantes do Município, o BBBE busca não apenas a iniciação esportiva, mas também o bom desempenho escolar.

Para alcançar resultados ainda melhores, professores e a equipe de apoio, que atuarão junto às crianças e adolescentes, passaram por um programa de treinamento com foco na unificação das técnicas de conduta e metodologias de treino.

Nos primeiros dias de atividades do programa, pais e alunos receberão as orientações sobre o seu funcionamento, locais e horários das atividades. Esse momento, segundo a coordenadora de Programas e Projetos da Secretaria de Educação, Jane Regina da Silva Costa, responsável pelo acompanhamento das atividades do ponto de vista pedagógico, será uma fase de adaptação e orientação. “A ideia é de que tanto os pais como os alunos possam tirar as dúvidas em relação às atividades, como elas serão realizadas e acompanhadas”, explicou Jane Regina.

Este ano o BBBE será de responsabilidade do Instituto para o Desenvolvimento Econômico, Ambiental, Esportivo e Social de Mato Grosso (IDEAES/MT), que venceu chamamento público para gerir o Projeto.

Bom de Bola, Bom de Escola

O Programa Bom, de Bola, Bom de Escola atende alunos matriculados nas unidades educacionais da rede municipal de Cuiabá, e foi criado há quase 20 anos, como uma ferramenta de cidadania, inclusão social e de formação através do esporte. Após ser retomado em 2017 pela gestão Emanuel Pinheiro, no ano passado atendeu aproximadamente 400 crianças.

Os alunos participantes do Bom de Bola, Bom de Escola recebem uniforme, merenda e acompanhamento profissional.

“O Programa Bom de Bola, Bom de Escola está fundamentado nos conceitos da disciplina e da formação integral. Por meio desse e de outros programas implantados na rede pública municipal de ensino, como o da Inteligência Emocional, estamos preparando os nossos alunos para que se tornem cidadãos de bem e comprometidos o meio em que vivem”, destacou o secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Flamengo faz 4 em cima do Vasco no agregado e é campeão

Publicado

em

Foto: CLEVER FELIX/AGÊNCIA O DIA / Estadão Conteúdo

“festa na favela!”, como canta a torcida do Flamengo. O time rubro-negro predominou em campo e derrotou novamente o Vasco por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Maracanã. A vitória deu ao Fla o 35º título do Campeonato Carioca. No placar agregado, os comandados de Abel Braga venceram o Estadual por 4 a 0. Os gols foram marcados por Willian Arão e Vitinho, um em cada tempo.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira, pela Conmebol Libertadores, diante da LDU, fora de casa. O Vasco, por sua vez, no mesmo dia, recebe o Santos, em São Januário, pela Copa do Brasil.

PARA ANIMAR

Desde o apito inicial do árbitro, o Flamengo se jogou ao ataque para animar os seus torcedores. Mesmo com a vantagem de dois gols do jogo de dia da decisão, os comandados de Abel Braga não recuaram e, aproveitando um Vasco mais defensivo, quase marcaram no primeiro minuto com Arrascaeta.

GOL E POLÊMICA

Aos 15 minutos do primeiro tempo, Gabigol recebeu no ataque em posição de impedimento, a arbitragem não assinalou a irregularidade, e uma falta foi marcada. Como lances assim não podem ter influência do árbitro de vídeo, a jogada seguiu, a falta foi cobrada e Willian Arão subiu mais alto para colocar o Flamengo na frente. Festa rubro-negra e reclamação por parte do Vasco na polêmica ocasião.

ATRÁS DO PREJUÍZO

O Vasco, precisando neste momento do jogo de ao menos três gols para levar a decisão para os pênaltis, passou a correr atrás do prejuízo. Aos 33, Yago Pikachu mandou após sobra e o empate não saiu somente por Renê desviar na hora certa. Lucas Mineiro, no minuto seguinte, Lucas Santos e Danilo Barcelos foram outros que tentaram o gol antes do intervalo na decisão.

Fonte: Terra

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana