conecte-se conosco


Interior

Prefeitura trabalha para recuperar estrada interrompida por chuvas no domingo

Publicado

em

Através da Secretaria de Infraestrutura e Logística, a Prefeitura está trabalhando na manhã desta segunda-feira (11) a fim de restabelecer o trecho da estrada MT 343, entre Cáceres e o Distrito de Vila Aparecida, destruído por enxurradas causadas pelas fortes chuvas que caíram nesse domingo, levando abaixo o aterro sobre tubulação que servia de ponte no córrego Barranco Vermelho, a cerca de 25 km de Cáceres. A rodovia liga os municípios de Cáceres e Barra do Bugres.

O que se pretende agora, como emergência, é o mesmo trabalho realizado pela Prefeitura no ano passado, quando a ponte que havia no local foi queimada por ação de vandalismo: providenciar uma passagem de aterro sobre tubos de concreto, trabalho este feito em parceria com a empreiteira contratada pelo Estado para pavimentar a estrada e que trabalha no trecho.

A responsabilidade pela estrada é do governo do estado, porém, pela necessidade de se restabelecer o trânsito dentro dos limites do município entre as comunidades, a Prefeitura se dispôs a refazer o mesmo trabalho. Objetivo que deverá ser feito nos próximos dias.

Hoje (11), uma equipe da Prefeitura esteve no local fazendo levantamentos para se saber o tamanho dos danos e o que pode ser feito mais rápido para devolver o trânsito normal no trecho da região conhecida como Chapadinha.

Enquanto existir a interrupção na estrada, o trânsito tem que ser desviado em estrada vicinal, através das comunidades do Taquaral e Santana, num trecho que aumenta o percurso em 15 quilômetros, mas que evita o isolamento.

Redação

Interior

​​​​Ponte na BR-163/MT recebe vigas de concreto a partir de amanhã

Publicado

em

De amanhã (20) a quinta (22), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) reterá pontualmente o fluxo de veículos na BR-163/MT na altura do km 360. O objetivo é realizar o içamento de vigas estruturas na nova ponte de concreto que está sendo construída sobre o Rio Aricá-Mirim.

Cada movimentação da viga leva de meia-hora a uma hora, e durante esse tempo o tráfego de veículos é suspenso totalmente nas duas pistas da rodovia. Assim que a viga é colocada na ponte, o fluxo é restabelecido.

A operação já foi feita em julho para a instalação de vigas na ponte sobre o rio Aricá-Açu. A obra faz parte da duplicação da BR-163/MT, que também tem etapas em curso na região do Distrito Industrial de Cuiabá e em vários pontos no segmento entre Cuiabá e Rondonópolis.

A previsão é de que as pontes sejam liberadas para tráfego de veículos em setembro. O fluxo médio ao longo do segmento que inclui a ponte sobre o Rio Aricá-Mirim é de cerca de 7 mil veículos por dia.

A operação irá abranger o trecho que vai do km 359 ao km 361 da BR-163/MT, localizado antes do posto fiscal da Sefaz, no sentido Cuiabá/Rondonópolis. Os trabalhos começam às 7h. A partir das 17h20, o tráfego volta ao fluxo normal.

A orientação aos motoristas é de que fiquem atentos à sinalização viária e às instruções das equipes que estarão no local.

Foto: http://bit.ly/2NHaeHH (Edson Rodrigues)

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana