conecte-se conosco


Política MT

Prefeitos e prefeitas vão eleger a nova diretoria da AMM

Publicado

em

A eleição será na próxima sexta-feira, 7 de dezembro, no auditório da AMM, com duas chamadas, sendo as 9h e as 9.30h. Para votar os prefeitos devem estar associados e adimplentes com a instituição. Duas chapas se inscreveram para concorrer à eleição da nova diretoria da Associação Mato-grossense dos Municípios, conforme publicação no Jornal Oficial dos Municípios.  A Chapa “Municípios Unidos AMM Forte” é  encabeçada pelo atual presidente, Neurilan Fraga. A chapa “AMM mais forte e Transparente” é encabeçada pelo prefeito  de Araguainha, Silvio José de Moraes Filho. Cada chapa integra 18 prefeitos para a diretoria executiva, conselho fiscal e presidente de honra.

A comissão eleitoral que irá conduzir o pleito, é presidida pelo prefeito de Rosário Oeste, João Antonio da Silva Balbino. Ele informou que a nova diretoria será escolhida de forma democrática, através do voto dos seus membros aptos a votar. Os pedidos de registros das chapas foram analizados pela comissão formada pelos prefeitos de Nova Marilândia, Juvenal Alexandre da Silva; Juara, Altir Peruso; Salto do Céu, Wemerson Prata e de  Arenápolis, José Mauro de Figueiredo.

A posse da diretoria eleita, será realizada somente em janeiro, quando encerrará o mandato da atual gestão à frente da AMM.

Histórico

A Associação Mato-grossense dos Municípios foi  fundada em 04 de maio de 1983, surgiu da necessidade de se criar uma entidade que congregasse e defendesse os interesses dos municípios, atuando junto aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, e também para liderar as lutas municipalistas.

Entre os objetivos da AMM estão a prestação de serviços técnicos para as prefeituras, assistência jurídica e administrativa, auxilio na elaboração de planos de desenvolvimento e também na elaboração de projetos de engenharia, além de promover eventos para debater os problemas inerentes aos municípios, entre outras ações.

O primeiro presidente foi Anildo Lima Barros, então prefeito de Cuiabá. Ele foi sucedido pelos seguintes prefeitos: Darcy Capistrano, de Diamantino; Fausto Faria, de Rondonópolis; Evaldo Leite, de Colíder; João Batista Alves, de Barão de Melgaço; Aparecido Briante, de São José do Rio Claro; Hélio Brandão, de Jangada; Vilceu Marchetti, de Primavera do Leste; Jair Benedetti, de Comodoro; Érico Piana, de Primavera do Leste; Ezequiel Fonseca, de Reserva do Cabaçal; Cidinho Santos, de Nova Marilândia; Pedro Ferreira, de Jauru; Meraldo Figueiredo Sá, de Acorizal,  Valdecir Colle, de Juscimeira e Neurilan Fraga, de Nortelândia.

 

Redação

Política MT

“DEM oficializará convite para Roberto França se filiar a sigla”, afirma Botelho

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), afirmou durante entrevista ao programa Estúdio Band, na noite desta terça-feira (20), que não disputará eleição para prefeitura em nenhum município, como vinha sendo cogitado nos bastidores.

Botelho jogou um “balde de água fria” nos correligionários que acreditavam em sua disposição em  concorrer ao Palácio Alencastro ou ao Couto Magalhães.

 

O deputado adiantou que o Democratas terá candidato em Cuiabá, inclusive analisa os nomes do ex-deputado federal Fábio Garcia, do Secretário de Comunicação do Governo Mauro Mendes, Mauro Carvalho, do secretário de Estado de Fazenda Rogério Gallo.

Conforme, o presidente, a cúpula do partido estará reunida na noite de hoje para formalizar o convite de filiação ao ex-prefeito de Cuiabá e apresentador do programa Resumo do Dia, Roberto França, sem a certeza de que será candidato em 2020.

“Vamos chamar o Roberto França, o convite será feito após uma reunião do diretório, esperamos que ele aceite, mesmo com a filiação, não podemos garantir que ele será nosso candidato a prefeito em Cuiabá”, declarou.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana