conecte-se conosco


Política MT

Prefeito visita bancada federal e solicita recursos para Diamantino

Publicado

em

O prefeito Eduardo Capistrano (PDT), acompanhado do vice-prefeito Claudimar Barbacovi, o Gaúcho (PSDB), cumpre agenda em Brasília e desde ontem (quarta-feira,10) tem se reunido individualmente com parlamentares da bancada federal e do Senado que representam o estado do Mato-Grosso.  As conversas tiveram o objetivo de solicitar recursos a serem investidos no município de Diamantino.

Durante as audiências, Capistrano expôs as dificuldades que o município possui para viabilizar investimentos em diversas áreas. Foram entregues ofícios solicitando emendas para obras de infraestrutura, aquisição de veículos, maquinários, implementos, entre outros benefícios.

Como prioridade, o mandatário pediu pavimentação asfáltica para vários bairros, construção de creches, aquisição de ônibus escolares, caminhões, retroescavadeira, construção e revitalização de praças, manutenção e recuperação de estradas vicinais,  usina de triagem e de coleta seletiva do lixo.

Dos 08 parlamentares que formam a bancada federal do MT, o chefe do Executivo diamantinense conseguiu se reunir com 05 deles: os deputados federais Valtenir Pereira (MDB), Professora Rosa Neide (PT), Nelson Barbudo (PSL), Juarez Costa (MDB) e Emanuelzinho Pinheiro (PTB), além do senador Wellyngton Fagundes (PR).

Capistrano destacou que tem mantido boa relação com os parlamentares independentemente de legendas partidárias e sente reciprocidade por parte deles em manifestar boa vontade para apoiar o município de Diamantino. “Essa parceria contribui muito para o progresso da cidade. Através de emendas parlamentares conseguimos melhorar nossa frota, fortalecer a agricultura, investir na saúde, cultura, educação e muitos outros setores. Esperamos que este ano, os deputados federais se sensibilizem com a nossa realidade e continuem apoiando nosso trabalho”, enfatizou o prefeito.

 

 

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Dirigente do PSL protesta contra intervenção de Barbudo no diretório de Cuiabá

Publicado

em

O presidente regional do PSL, deputado federal Nelson Barbudo, decidiu intervir no diretório da sigla na capital. O deputado proibiu o atual presidente da comissão provisória do partido, o líder comunitário Emidio de Souza de se manifestar como dirigente da sigla em Cuiabá.

Souza afirma que foi proibido por Barbudo de falar em nome do partido.

Antes da intervenção em Cuiabá, o ex-deputado federal Victório Galli, destituiu o diretório de Várzea Grande e nomeou pessoas ligadas ao seu grupo para comandar o partido na cidade.

Galli, já havia anunciado que todos os diretórios do Estado sofreriam intervenção em reunião realizada em Várzea Grande no mês de fevereiro,

Os filiados alegam “traição” e dizem que levaram uma rasteira.

Revoltado, Emídio que participou da reunião em Várzea Grande e foi “barrado” por Barbudo, no último sábado (13), fez um post em sua página no facebook, pedindo que os filiados compartilhem para que chegue ao conhecimento do presidente da República, Jair Bolsonaro e do presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, os encaminhamentos dados pelos dirigentes no Estado.

 

Souza ainda alfinetou o deputado, dizendo que ninguém se elege sozinho e que o federal foi eleito devido o coeficiente eleitoral com a soma dos votos de outros filiados,  arregimentados pelo líder quilombola, que não aceitou coligação com outros partidos.

 

 

VEJA NOTA DE EMIDIO

Sou EMÍDIO DE SOUZA, um dos FUNDADORES do PSL/MT/BRASIL filiado desde 16/07/1997.

A primeira LIDERANÇA QUILOMBOLA do BRASIL a manifestar apoio à candidatura de JAIR BOLSONARO para a Presidência da República (VEJAM ESSE VÍDEO), num momento que ele estava sendo atacado como racista, fato que demonstrei não ter fundamento.

PUBLICAMENTE venho manifestar INDIGNAÇÃO, posto que, fui proibido de falar em nome do PSL/MT a partir de 13/04/2019 pelo atual Presidente Provisório Estadual NELSON BARBUDO, o Deputado Federal eleito devido ao coeficiente eleitoral com a soma dos votos que tiveram os meus companheiros filiados, a maioria arregimentados por mim, Emídio de Souza, dado ao meu conhecimento como dirigente partidário de longa data, cujo objetivo de CHAPA PURA foi de não deixar o nosso PSL servir de escada para outros Partidos.

Ninguém foi eleito sozinho, apesar da onda Bolsonaro na qual muitos surfaram, e depois de assumirem esqueceram os compromissos que almejavam o futuro crescimento partidário, entretanto, implantaram coronelismo e nepotismo no nosso PARTIDO LIBERAL, agremiação que prima pela DEMOCRACIA, numa clara violação das normas estatutárias com agressivo atentado às aspirações dos filiados e da população brasileira.

COMPARTILHEM esta postagem para chegar até o Presidente JAIR BOLSONARO e de LUCIANO BIVAR, Presidente do PSL/BRASIL, eles precisam saber como os Dirigentes do PSL/MT estão me destratando, um dos FUNDADORES do PSL/BRASIL, agindo contra as bases aqui em Mato Grosso, prejudicando o crescimento do PSL nas ELEIÇÕES MUNICIPAIS de 2020.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana