conecte-se conosco


Política MT

Prefeito empossa vereador na secretaria de Agricultura e vice – prefeito assume Planejamento

Publicado

em

O prefeito, Eduardo Capistrano, deu posse ao novo secretário de Agricultura, Indústria, Comércio e Meio Ambiente, vereador, Valdemir Isaías da Costa.

A cerimônia realizada na manhã da última quinta-feira (01), contou com a presença do vice-prefeito, Claudimar Barbacovi, do chefe de gabinete, Uzias Máximo, da secretária de Educação, Edith Marmos, da secretária de saúde, Cleide Anzil, da secretária de Assistência Social, Wilma Mamprini, do secretário de administração, Ederbaldo Alves, do secretário de Finanças, José Claudinei Espínola, do Assessor de Cultura, Odemar Mendes e da Assessora pedagógica das escolas do campo, Mylene Wirgues Paese.

Valdemir Isaías da Costa, conhecido como Buiú do Moto-táxi, foi o nome escolhido para exercer o cargo, que era ocupado pelo vice-prefeito, Claudimar Barbacovi desde o início da gestão.

Com a chegada do novo secretário, o vice-prefeito, Claudimar, passa assumir a secretária de Planejamento.  Para o Prefeito Eduardo Capistrano, Buiú está preparado para ajudar a administração municipal. “Nós estamos muito felizes em receber o vereador, Buiú como nosso secretário de Agricultura, ele veio para somar nossa equipe de trabalho, ele que tem conhecimento por ser técnico Agrícola.  O Gaúcho vai vir para secretária de Planejamento e com isso ele assume a secretaria de Agricultura para ajudar nosso município. Nós somos uma equipe, trabalhamos em conjunto. Eu quero dar as boas vinda ao nosso amigo Buiú e tenho a certeza que ele vai desempenhar um grande trabalho à frente desta pasta. A equipe da secretaria é muito organizada, trabalham bastante, são servidores dedicados e ele veio para somar com essa equipe,” pontua Eduardo.

Formado em técnico agrícola pela IFMT Campus de Cáceres – antiga Escola Agro Técnica Federal Cáceres e no curso superior de Administração de Empresas pela Faculdades Integrada Diamantino FID, Valdemir diz que está preparado e agradecido pela oportunidade.

“Primeiro agradeço a Deus e ao prefeito Eduardo Capistrano pelo convite e oportunidade de ocupar o cargo de secretário de Agricultura, Meia Ambiente, Indústria e Comércio, quero dizer a todos vocês que nós estamos focados nesse trabalho e estaremos lá para somar. Vamos visitar sítio por sítio, as comunidades rurais, ouvindo os assentados, os pequenos produtores, saber realmente o que eles estão precisando e o que agente poderá fazer por eles.  Para nós é uma satisfação muito grande, estar nesse cargo de secretário e poder somar, trabalhar por um município melhor para todos nós,” expressa Valdemir.

Nesse ato, o vice-prefeito, Claudimar Barbacovi, a pedido do prefeito, Eduardo Capistrano, toma posse da secretaria de Planejamento.  “É muito gratificante ter recebido esse convite do nosso prefeito para estar assumindo a secretária de Planejamento e poder contribuir com as demais secretarias através das ações que serão desenvolvidas pelo Planejamento. Gostaria de dizer também que a avaliação feita junto com Eduardo para o convite ao vereador Buiú, foi acertada. Pela trajetória dele, pelo conhecimento que ele tem da agricultura familiar, acreditamos que ele vai poder contribuir muito com a secretaria e com a agricultura do nosso município,” conclui Barbacovi.

Comentários Facebook

Política MT

Câmara pode votar na terça-feira MP que redistribui arrecadação de loterias

Publicado

em

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Ordem do dia para discussão e votação de projetos.
Deputados poderão votar medida provisória que aumenta o valor destinado pelas loterias ao setor de segurança pública

A distribuição do dinheiro arrecadado com as loterias vai estar em debate no Plenário da Câmara dos Deputados a partir de terça-feira (20). É que está pronta para ser votada a Medida Provisória 846/18, que traz novas regras para a divisão desses recursos entre diversos setores.

No ano passado, as loterias arrecadaram quase R$ 14 bilhões em apostas. Cerca de R$ 3 bilhões foram distribuídos para educação, cultura, esporte e segurança pública. A MP 846 quer aumentar o que é destinado para segurança, saindo dos cerca de R$ 400 milhões no ano passado para mais de R$ 1 bilhão no ano que vem.

Como o dinheiro que vai para as outras áreas é praticamente mantido, o texto tem consenso entre os partidos e poderá ser aprovado com facilidade. O assunto já passou por uma longa negociação, inicialmente com fortes reações e até protestos das classes artísticas e esportivas.

A deputada Laura Carneiro (DEM-RJ) lembra que o governo editou anteriormente outra medida provisória que alterava a distribuição dos recursos das loterias (MP 841/18). “A medida provisória inicial era a 841, que era muito ruim porque retirava dinheiro tanto do esporte como da cultura, embora desse para segurança. Essa medida foi retirada e apresentada uma nova medida [MP 846], que é fruto de um grande acordo feito com vários setores”, disse a parlamentar.

O deputado Pastor Eurico (Patri-PE) concordava com a primeira versão, que dava mais dinheiro para as forças de segurança. No entanto, diante dos protestos e negociações, ele vai apoiar o novo texto. “A nossa luta era que houvesse um investimento maior na segurança, porque é uma calamidade a questão da segurança em nosso Brasil. Porém, com esses contratempos e discussões, não diria jogos de interesses, mas alguns defendendo as questões de educação, saúde, segurança, esporte e tal, resolveu-se dividir”, afirmou.

Para o deputado Edmilson Rodrigues (Psol-PA), a versão atual da medida corrige o erro inicial do governo de retirar dinheiro da cultura e do esporte. “[A MP] já reconhece que, realmente, é uma contradição querer investir somente em segurança, retirando recursos de áreas que são fundamentais para conter a violência, particularmente a violência urbana”, declarou.

O presidente da comissão mista que avaliou a medida provisória antes de ela chegar ao Plenário, deputado Evandro Roman (PSD-PR), destacou que, pela primeira vez, foi colocado um percentual para custear despesas com o deslocamento e mudança de familiares dos integrantes das forças de segurança. “Os integrantes dessas forças de segurança que vão se deslocar para as regiões de fronteira ou para o Rio de Janeiro poderão levar suas famílias com uma infraestrutura resguardada por essa medida provisória”, disse o deputado.

Simples Nacional
Além da MP que traz novas regras para distribuição do dinheiro arrecadado pelas loterias, outras propostas poderão ser votadas pelos deputados. Entre elas o Projeto de Lei Complementar (PLP) 420/14, que inclui no regime simplificado de cobrança de impostos, o Simples Nacional (Supersimples), empresas de controle de pragas urbanas, de fisioterapia e transporte turístico de passageiros.

Audio Player

Ouça esta matéria na Rádio Câmara

Fundo ferroviário
Os deputados também poderão analisar a Medida Provisória 845/18, que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário. Segundo o governo, o fundo servirá para viabilizar investimentos no setor, principalmente no Arco Norte do Brasil, o que vai proporcionar a redução dos custos de transportes, da emissão de poluentes e do número de acidentes em rodovias, além da melhoria do desempenho econômico de toda a malha ferroviária.

Comentários Facebook
Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana