conecte-se conosco


Interior

Prefeito é afastado e tem bens bloqueados por compra de mata-burros

Publicado

em

O prefeito de Pedra Preta, Juvenal Pereira Brito, conhecido como Ná, foi afastado do cargo pela Justiça, a pedido do Ministério Público Estadual, por improbidade administrativa. Ele também teve as contas bloqueadas no valor de R$62,3 mil.

A ação ajuizada pelo MP visa apurar ilegalidades na compra direta de 20 mata-burros e 20 pares de bases de apoio de concreto.

Segundo a ação, o prefeito e o vice adquiriram diretamente o material, no valor de R$ 58,8 mil, sem que houvesse qualquer formalidade, necessidade ou fundamento legal, ignorando por completo as disposições da Lei 8.666/93 – que institui normas para licitações e contratos da Administração Pública, tratando o dinheiro público como se fosse propriedade privada.

Ainda segundo o MP, o afastamento é necessário porquê o prefeito teria tentado ocultar os materiais adquiridos.

Quem assume a gestão agora é o vice-prefeito Luis Cândido Rodrigues, o Candinho (PSC), que também responde a ação e teve os bens bloqueados no mesmo valor.

A empresa Elétrica Radiante Materiais Elétricos LTDA e Sérgio Augusto Vital Ferreira Beltrão também tiveram os bens bloqueados.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Interior

Incêndio atinge reserva natural e causa riscos à empresas em Nova Mutum

Publicado

em

Nesta quinta-feira (15/08), por volta do meio dia, a Brigada Municipal Mista (BMM) de Nova Mutum foi acionada para combater um incêndio próximo à Estação de Coleta de Lixo do município. A BMM conseguiu conter o incêndio por volta das 15h, porém, por volta das 18h o mesmo incêndio voltou com força maior, devido à mudança do vento e de outros fatores climáticos.

O incêndio se alastrou por toda a reserva ambiental e chegou até às proximidades de duas empresas, um frigorífico de frango e uma estação de energia. Após a união da guarnição de serviço do Corpo de Bombeiros de Nova Mutum (5ª CIBM), empresas com maquinários e vários voluntários, além da ajuda da prefeitura, foi montada uma força tarefa. O combate durou aproximadamente 6h, encerrando após às 1h da madrugada desta sexta-feira sem dados materiais.

Foram necessários 2 caminhões Auto Bomba Tanque do Corpo de Bombeiros, 2 caminhões pipa da Prefeitura Municipal de Nova Mutum, uma pá carregadeira, 8 bombeiros militares, 20 brigadistas das empresas envolvidas e 6 brigadistas da prefeitura. Foi feito aceiro com a pá carregadeira e também uma linha úmida, protegendo toda a Indústria e a Estação de Energia, além do combate direto, para proteger o material combustível em evidência (aproximadamente 10 toneladas de paletes) que é utilizado na indústria.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana