conecte-se conosco


Polícia

Servidor público é preso por furtar 18 celulares da Casa Civil

Publicado

em

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, cumpriu na manhã desta terça-feira (13.08) mandados de busca e apreensão domiciliar, com objetivo de apreender aparelhos celulares funcionais subtraídos da Casa Civil do Governo do Estado de Mato Grosso.

Segundo o delegado que coordenou a operação, André Luís Prado Monteiro da Silva, onze pessoas foram alvos da ação deflagrada pela Derf Cuiabá. No total, dezessete pessoas foram conduzidas e nove aparelhos celulares foram recuperados.

Os aparelhos foram furtados, no mês da abril deste ano, ocasião em que foram subtraídos 18 telefones móveis que ficavam acondicionados dentro de um armário da repartição pública, todos novos e nas devidas caixas.

Inicialmente o crime foi apurado como peculato pela Delegacia Fazendária, sendo posteriormente encaminhado à Derf Cuiabá, em razão dos indícios da prática de furto por terceiros.

Conforme investigação, o crime foi praticado por servidor da Casa Civil, A.S.G. de 33 anos, o qual tinha a função de serviços gerais. O suspeito era comissionado DGA-5, desde o ano de 2004, e confessou o crime. Os aparelhos foram vendidos por A.S.G. para diferentes pessoas, tendo algumas delas, adquirindo de boa fé.

No decorrer das diligências, foram identificados dois receptadores contumazes, sendo um, inclusive, proprietário de uma loja de conserto, compra e venda de aparelhos celulares localizado no bairro Cristo Rey, em Várzea Grande.

Ainda na condição de ter cometido o delito por ser servidor público, o suspeito será indiciado pela prática de peculato, podendo ser condenado de 02 a 12 anos de reclusão.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra estuprador

Publicado

em

Um homem foragido da Justiça acusado de estupro de vulnerável, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (16.08), no município de Cáceres (225 km a Oeste). A ação foi deflagrada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Cáceres, em cumprimento a mandado judicial.

O suspeito estava com a ordem de prisão preventiva decretada pela Justiça local, acusado de estupro de vulnerável contra uma criança de 7 anos.

Conforme apurado, a vítima tinha o costume de ficar na casa da mãe do suspeito, ocasião em que o mesmo aproveitava da situação e praticava os abusos, ocorridos por diversas vezes. Em entrevista a vítima revelou que o suspeito passava as mãos em sua região genital, e o ato lhe causava dor.

No decorrer das diligências a Polícia Civil, por meio da DDM-Cáceres, representou pelo pedido de prisão preventiva do investigado, o qual ao desconfiar do andamento das investigações acabou fugindo da região.

No entanto, na sexta-feira (16), após informações que o procurado estaria na cidade, os policiais civis da DDM-Cáceres lograram êxito em prender e dar cumprimento ao mandado judicial de prisão.

Após ser conduzido e interrogado, o preso foi colocado à disposição do Poder Judiciário.

 

Fonte: Assessoria

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana