conecte-se conosco



Várzea Grande

PM prende 3 com armas e drogas no Cristo Rei

Publicado

em

Equipes da Rotam e Força Tática prenderam na madrugada desta quarta-feira (13.11), três pessoas envolvidas no tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo no bairro Dom Orlando Chaves.
Foram detidos os homens identificados como A.F.S. e F.F.S, ambos 26 anos e a mulher A.P.H.M. (18).

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais estavam em ronda quando viram um homem dentro do veículo Citroen C3 branco. Devido a atitude suspeita, os militares o abordaram e encontraram porções de maconha e dinheiro. A.F, disse que tinha tinha pego a droga no bairro Araés, em Cuiabá.

Os agentes foram até a residência onde encontraram o casal. O homem tentou resistir a abordagem, mas foi contido. A mulher, acompanhou os policiais durante vistoria no imóvel onde foram encontrados um revólver calibre 38, com nove munições, porções de maconha em vários tamanhos, porções de haxixe, 16 comprimidos de ecstasy, dinheiro, além de um caderno com anotações do tráfico, duas balanças e rolos de plástico filme.

O trio foi encaminhado à Central de Flagrante para as devidas providências.


Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Problema na rede elétrica da Câmara de Várzea Grande causa pânico em servidores

Publicado

em

Já virou rotina nos gabinetes dos vereadores de Várzea Grande, desligar o ar-condicionado para evitar sobrecarga na rede elétrica, que pode ocasionar incêndio.

Somente na última semana, os servidores foram obrigados a deixar o local de trabalho por três vezes, desligar a energia e ficar a espera de uma solução que ainda não foi tomada.

O prédio onde funciona provisoriamente o legislativo várzea-grandense, custa aos cofres públicos, R$ 44 mil mensais, segundo o Portal Transparência e não possui estrutura adequada para atender  demanda.

Segundo a assessoria de imprensa da Câmara,  a pedido da Energisa,  a senhora Maria Luiza, está fazendo levantamento de carga para possível mudança de transformador da empresa, situada em frente ao prédio.

O que preocupa servidores, principalmente os idosos é que o problema se arrasta há mais de 8 meses e nenhuma providência concreta foi tomada até o momento.

A falta de acesso a pessoas com necessidades especiais, o espaço não tem saída de emergência, apenas uma entrada por uma escada, já que os gabinetes ficam no segundo piso e administração fica no terceiro.

 

O presidente da Câmara, vereador Fábio Tardin, o Fabinho (DEM), explica que não encontra no município um prédio que acomode todos os gabinetes e o setor administrativo

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana