conecte-se conosco


Polícia

PM flagra suspeitos furtando loja e recupera cerca de 80 perfumes

Publicado

em

A Polícia Militar do 5º Batalhão chegou na loja O Boticário no centro de Rondonópolis, e deteve dois suspeitos ainda no local. Danilo Alves, 31 anos estava saindo e João Bosco Gomes da Costa, 37,  dentro do estabelecimento. João Bosco Gomes da Costa estaria em liberdade há três dias, o Alvará de soltura estava com ele.

Outros dois integrantes do grupo já teriam saído com várias sacolas com produtos. Parte dessas sacolas foi recuperada pela PM durante as rondas pela região central. O furto Os dois suspeitos que também participaram do furto foram vistos durante as rondas, mas fugiram deixando diversas sacolas para trás com produtos do Boticário.

Foram recuperados 77 produtos, entre perfumes, loções hidratantes, sabonetes, kits com vários itens, e outros.

O furto teria acontecido por volta da 1h da madrugada de terça-feira (04.12) e foi denunciado via Ciosp.

Polícia

Filho de produtor rural é preso por apresentar autorização para desmatamento falsa

Publicado

em

Os fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), em parceria com o Batalhão da Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) e Forca Tática de Mato Grosso, atuaram no flagrante do desmatamento de uma área de floresta amazônica em União do Sul (719 km ao Norte de Cuiabá). O proprietário da área foi autuado em R$ 250 mil pelo desmate ilegal de 256 hectares. Já o filho do produtor apresentou uma autorização de desmatamento falsa e foi conduzido para Polícia Judiciária Civil de Marcelândia, onde foi preso por falsificar documento público e liberado no dia seguinte após o pagamento da fiança de R$ 80 mil.

“Todas as propriedades inclusas na programação de fiscalização são previamente estudadas e consultadas quanto a existência ou não de autorização de desmatamento na base de dados da Sema, não sendo observado para a área em questão a existência de tal documento”, esclareceu o superintendente de Fiscalização da Sema, Bruno Saturnino. O filho do proprietário também foi autuado em R$ 725 mil por apresentar documento falso.

A partir de monitoramento de imagens por satélite, a Coordenadoria de Fiscalização de Flora da Sema visualizou o desmatamento em andamento na Fazenda Esperança II no município de União do Sul e agiu para cessar a infração. Além dos autos de infração aplicados, a Sema também apreendeu o maquinário, avaliado em R$ 500 mil, e encaminhou os dois tratores retirados do local para a prefeitura de União do Sul. A operação foi realizada entre os dias 12 e 13 de fevereiro.

De acordo com os fiscais da Sema, a atuação do órgão ambiental em tempo real evitou o desmatamento ilegal de uma área de floresta amazônica de 1.194,56 ha ou 11.945,600 m², o equivalente a 1.194 campo de futebol.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana