conecte-se conosco


Polícia

Padrasto suspeito de estuprar enteada de 11 anos é preso pela Polícia

Publicado

em

Um homem acusado de estupro de vulnerável contra a enteada de 11 anos de idade foi preso na quarta-feira (10) pela Polícia Judiciária Civil de Aripuanã (1.002 km a Noroeste).

A prisão de J.C.R, 42, se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva deferido pelo Judiciário, com parecer do Ministério Público, após representação do delegado da Polícia Civil Alexandre da Silva Nazareth.

O crime ocorreu em 03 de outubro, quando a menina retornou da escola e se preparava para tomar banho quando percebeu que o padrasto havia trancado as portas da casa e veio em direção a ela. Ameaçando a vítima de morte com uma faca, o suspeito a levou a um dos quartos e cometeu os abusos. No dia seguinte, após a saída da mãe da menor para o trabalho, ele praticou os mesmos atos.

Mesmo assustada, a menina conseguiu contar a mãe sobre o ocorrido. A mulher procurou a delegacia e denunciou seu companheiro.

A vítima foi submetida a exame de corpo de delito que constatou lesões recentes em sua genitália.

“O agente valeu-se de sórdido modus operandi para subjugar sua enteada a prática de atos diversos da conjunção carnal, aproveitando-se da relação de confiança estabelecida pelo parentesco, do silêncio da vítima urdido através de ameaças levianas da perda de entes queridos, das ausências imprescindíveis da mãe que trabalha fora de casa, demonstrando, portanto, extremada periculosidade social a ser combatida pela restrição cautelar da liberdade”, explicou o delegado Alexandre da Silva Nazareth em representação pela prisão do suspeito.

Após os procedimentos de praxe na delegacia, o preso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Aripuanã, ficando à disposição do Judiciário.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Três são presos por roubo e por atirar contra viatura da PM

Publicado

em

Policiais militares prenderam, na noite de domingo (17), três homens por tentativa de homicídio, no bairro Jardim Cuiabá, na Capital. A ocorrência começou com um roubo em uma obra, quando os policiais foram acionados e durante ronda, mas foram recebidos com disparos de arma de fogo.

Em seguida, foi realizado um cerco e identificados dois suspeitos que, a princípio reagiram à prisão, sendo necessário uso de algema. Ambos confessaram estar participando do roubo, mas o tiro contra a viatura foi efetuado por um terceiro homem que foi abordado em seguida. Na cintura dele estava o revólver calibre 38 com cinco munições intactas e uma deflagrada.

Foram presos R.R.G.S. (25), H.M.S.J. (25) e R.R.G.S (22) e encaminhados à delegacia para as devidas providências.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana