conecte-se conosco



Polícia

Operação cumpre 16 mandados suspeitos de roubos a propriedades agrícolas

Publicado

em

Uma operação da Polícia Judiciária Civil, com apoio do Ministério Público Estadual e forças de segurança do estado, foi deflagrada nesta segunda-feira (11.11) para cumprimento de mandados de prisões e de buscas e apreensões contra suspeitos envolvidos em roubos a propriedades rurais, com foco especial na subtração de veículos e insumos agrícolas, em cidades de Mato Grosso. A operação Camuflagem II, coordenada pela Polícia Civil de Sorriso, teve mandados cumpridos nos municípios de Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, São José do Rio Claro, Sinop, Paranatinga e Cuiabá.

A operação é resultado da atuação integrada do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) de Sorriso, Polícia Militar, Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Ciopaer.

Nove pessoas tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos, deferidos pela Comarca da Justiça de Sorriso.

Foram apreendidos materiais utilizados pelo grupo criminoso, como armamento, munições, roupas camufladas semelhantes às usadas pelas forças armadas e equipamentos de vigilância para praticar roubos a propriedades agrícolas. Também foram apreendidos defensivos agrícolas, computadores e diversas anotações.

De acordo com o delegado André Eduardo Ribeiro, que coordena a operação, foram cumpridos 16 mandados de prisões e de buscas, sendo a maioria deles em Sorriso. “O grupo criminoso utilizava-se desses equipamentos apreendidos, roupas camufladas, para facilitar a movimentação e praticar os roubos nas fazendas, especialmente de camionetes e defensivos agrícolas”.

O material apreendido ainda será contabilizado pela Polícia Civil.

Todos os presos na operação serão encaminhados à audiência de custódia e permanecerão à disposição da justiça.

Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Bandido de alta periculosidade é morto durante confronto com a PM em Rosário Oeste

Publicado

em

O criminoso Jelso Bazzo Júnior, 38 anos, conhecido como “Sabugão” morreu durante uma troca de tiros com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), na manhã deste sábado (14), em uma fazenda localizada na cidade de Rosário Oeste (130 km de Cuiabá). O bandido, segundo informações, era conhecido das forças policiais por já ter participado de diversos roubos a banco na modalidade “Novo Cangaço”, em Mato Grosso.

Os policiais informaram que Sabugão tinha um mandado de prisão em aberto e que na manhã deste sábado foram até a residência do criminoso para cumprir a decisão judicial.

No entanto, os militares disseram que o ladrão já tinha tentado matar outros PMs da cidade e diante disso, os policiais chamaram os agentes do Bope.

Quando os PMs entraram na fazenda, visualizaram o suspeito e ordenaram que ele se entregasse. No entanto, Jelso atirou diversas na direção da equipe.

Diante da ação criminosa, os militares do Bope revidaram e balearam Sabugão. Após ser atingido, o criminoso caiu e rapidamente foi encaminhado, pelos próprios policiais, ao Hospital Amparo.

No entanto, o criminoso não resistiu e morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde. Os militares não informaram quantos tiros Jelso foi atingido.

Os PMs disseram que Sabugão estava com uma pistola com três munições intactas e uma motocicleta XRE-300.

O corpo do criminoso foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para ser realizado exame de necropsia.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

Por Hiper Noticias

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana