conecte-se conosco


Interior

Nortão: 2 são executados a tiros em área rural; assassino fugiu e corpos são encaminhados ao IML

Publicado

em

Jorge de Souza Barbosa, de 42 anos, e Diego Vieria Santos, de 22, foram assassinados, a tiros, no início da noite, em um bar, no assentamento rural no município de Claudia, a cerca de 80 km de Sinop. Um estava sentado e foi surpreendido pelo atirador. Outro estava próximo, correu aproximadamente 100 metros e também foi atingido. Inicialmente, a perícia aponta que cada um levou 3 tiros. “O primeiro homem foi morto com características que apontam disparos a curta distância. O outro foi alvejado duas vezes nas costas e, ao que tudo indica, levou o terceiro tiro quando estava caído”, informou, ao Só Notícias, o perito Marcos Waechter, da Politec Sinop. “Foram encontrados projéteis para identificarmos o calibre da arma”, acrescentou. Possivelmente é de 38.

O assassino fugiu, levando a arma, e a polícia tem algumas pistas dele. Não foi detalhado se usou carro ou moto. Ainda não foi informado se os dois homens mortos residiam no assentamento. Entretanto, eles devem ser velados e sepultados em Sinop. Os horários ainda não foram definidos.

Além do perito,  investigadores da Polícia Civil de Claudia estiveram no local colhendo informações para desvendar a execução. Há poucos detalhes. Uma das hipóteses seria vingança. O dono do bar deve prestar esclarecimentos para ajudar nas investigações.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal em Sinop para necropsia.

 

Fonte: Só Notícias

Comentários Facebook

Interior

PM prende dois e apreende 300 kg de pescado ilegal em Poconé

Publicado

em

Na madrugada desta quinta-feira (17.01) policiais da 6ª Companhia de Polícia Militar de Poconé (a 100km de Cuiabá) prenderam dois homens e com eles apreenderam cerca de 300 quilos de pescado (29 pintados, seis pacus, quatro jaus, duas cacharas, entre outros espécies).

G.E.S.S., 56, e J.G.R.S., 35, ambos moradores de Várzea Grande, bairros São Mateus e Santa Luzia, respectivamente, foram presos quando transportavam o pescado, em um Fiat Uno, vindo do Pantanal.

A prisão aconteceu na estrada de acesso a Porto Cercado, já chegando a cidade de Poconé. Todos os peixes estavam sem cabeça, uma prática comum da pesca predatória. No carro havia também um tanque de barco, galão de combustível, facão, alicates, entre outros apetrechos de pesca.

De acordo com o registro dos policiais da 6ª Cia PM, os dois suspeitos presos tentaram fugir se embrenhado em uma área de mata. G. acabou se ferido no pé e precisou passar por sutura na unidade de Proto Atendimento de Poconé, enquanto J. torceu o pé. No carro havia um terceiro homem, identificado apenas pelo apelido, que conseguiu fugir e ainda não foi localizado.

A pesca e o transporte de peixe estão proibidos nos rios de Mato Grosso desde outubro de 2018 e prossegue até final de fevereiro, se não houver prorrogação, em função da Piracema, período de desova do peixe. Além dessa questão, a suspeita de que neste caso foram empregados apetrechos de uso proibido.

Os suspeitos e todo o material apreendidos foram levados para o plantão da Delegacia de Polícia de Poconé.

Comentários Facebook
Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana