conecte-se conosco


Variedades

Musa fitness Milla Summers dá 8 dicas para perder peso sem frequentar a academia

Publicado

em

Créditos - Foto: Pedro Nossol / MF Press Global
Perder peso é uma das ambições de muitas pessoas. Promessa de fim de ano de muitos, a meta de ter um corpo mais magro em 2018 talvez não tenha sido atingida, e um dos principais motivos pode ter sido o descuido com a dieta ou com os exercícios físicos.
Para aqueles que desejam renovar os votos de em 2019 perder alguns quilinhos, mas não estão dispostos a frequentar a academia, a musa fitness e influenciadora digital Milla Summers traz uma solução, com dicas para perder peso sem malhar
“claro que o exercício físico ajudaria muito no processo, mas muitas pessoas não querem ser saradas, ter músculos definidos e tornarem-se modelos fitness. O que esse tipo de público quer é emagrecer, diminuir percentual de gordura, e ter um corpo mais esbelto, perdendo alguns quilinhos extras, o sobrepeso. E para isso, a alimentação pode sim cumprir este papel”, comenta.
Milla Summers preparou 8 dicas simples que podem te levar a perder peso rapidamente sem ter de fazer exercícios, e cumprir em 2019 a promessa de emagrecer no novo ano:
1- Siga uma dieta regrada
Cada refeição deve conter por uma grande variedade de vegetais e produtos naturais. Aposte nas verduras e obtenha gorduras saudáveis através dos abacates, azeites, amendoins e amêndoas. Evite comer gordura processada e alimentos gordurosos, frituras e lanches prontos.
2- vença o stress
Hormônios como o cortisol podem dificultar a eliminação de gordura na zona da barriga. Quando estamos ansiosos demais, o corpo faz uma descarga excessiva de cortisol, o que leva o organismo a sentir necessidade de absorver gordura. Pela boa forma vale a pena ficar um pouco mais zen.
3- Fique de olho nas calorias
Na maioria das vezes acabamos por consumir um alto número de calorias inúteis, sem perceber. Uma alimentação descuidada é a principal culpada pelo aumento de peso. Conte as calorias, sem obsessão, e estabeleça uma meta diária. Para perda de peso, o ideal é criar um déficit calórico. Procure um nutricionista ou um médico especializado para saber quantas calorias seu corpo gasta em estado basal, em repouso, e para desempenhar as suas atividades normais do dia. Consuma uma quantidade um pouco menor do que a necessária, o que vai gerar queima de gordura.
4- Durma bem:
É muito importante descansar entre sete a oito horas por dia, e isso vai ajudar você a não ganhar peso. Desligue os seus dispositivos eletrônicos antes de ir para a cama. Vários estudos já comprovaram que quanto menos equipamentos eletrônicos você levar para sua cama, melhor o cérebro e corpo descansarão.
5- Coma menos durante as refeições
É impossível emagrecer se você comer porções enormes no almoco, jantar e nos vários lanches ao longo do dia.  Corte os alimentos em pedaços menores e faça um maior número de pequenas refeições. Doutrine-se a comer menos.
6- Beba bastante água
A falta de hidratação é outro fator que dificulta a perda de peso. Quando não bebemos água suficiente, o corpo retém mais líquido, supondo que haverá falta dela no organismo. Se não quer beber água, pode compensar consumindo sucos naturais, chá verde ou até um pouco de café.
7- Reduza o consumo de sal
O excesso de sal e do sódio, contido em grande quantidade nos refrigerantes diet e zero, é um dos fatores que mais contribui para uma barriga inchada. Reduza o consumo de sal na comida e evite refrigerantes.
8- Não pule refeições
Nunca pule o café da manhã. Vários estudos comprovaram que ter um café da manhã sólido é essencial para o sistema digestivo. pular almoço, jantar ou morrer de fome também faz com que o corpo absorva mais gordura. O organismo entende que precisa estocar gordura na ausência de alimentos por longo período.
Hebert Neri 

Últimas Noticias

Aneel aprova redução nas contas de luz para duas distribuidoras

Publicado

em

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (20) a redução nas tarifas de energia das distribuidoras Celesc, que atua em Santa Catarina, e da Elektro Redes, que atende os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Os novos valores passarão a ser cobrados a partir do dia 22 e 27 de agosto, respectivamente.

Ao revisar as tarifas da Celesc, a Aneel aplicou uma redução de 7,8% para as tarifas de energia dos consumidores atendidos pela empresa. O efeito para os consumidores residenciais será de 9,77%. Para os atendidos na baixa tensão, como agropecuária e cooperativas rurais, será de 9,16% e para os atendidos na alta tensão, como indústrias e shoppings, a redução será de 5,53%. A empresa atende 3 milhões de unidades consumidoras localizadas em 264 municípios do estado de Santa Catarina.

Ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, a Agência considera a variação de custos associados à prestação do serviço. No caso da Celesc a Aneel informou que  o pagamento do empréstimo da Conta ACR e ajustes em rubrica da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) contribuíram para reduzir o reajuste em aproximadamente -6,87%. Houve ainda redução dos custos com aquisição de energia, – 0,67% no cálculo do reajuste.

Já para os consumidores atendidos pela Elektro Redes a redução médias nas tarifas de energia será de 8,32%. Para os consumidores residenciais a redução será maior, de 11,79%. Para os clientes atendidos em baixa tensão, o impacto será de menos 11,17% e para os atendidos em alta tensão, a redução será de 2,89%. A concessionária atende 2,6 milhões de unidades consumidoras, localizadas em 223 municípios do estado de São Paulo e cinco do Mato Grosso do Sul.

“Dentre os itens que mais contribuíram para a redução tarifária, observa-se a cobertura dos encargos setoriais que colaborou com o abatimento de aproximadamente 6,18%. Destaque para o pagamento do empréstimo da Conta ACR e ajustes em rubrica (retirada CDE Decreto) da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE)”, disse a Aneel.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana