conecte-se conosco


Rosário Oeste

Motociclista morre após se envolver em acidente com ambulância na Estrada da Guia

Publicado

em

Um motociclista morreu na manhã desta quarta-feira (17), após se envolver em um acidente com uma ambulância de Nova Mutum, na MT 010,  conhecida como estrada da Guia, a cerca de 30 quilômetros de Rosário Oeste.

O condutor da moto chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos.

No veículo, estavam dois pacientes que tiveram escoriações e foram levados para atendimento médico em Cuiabá. Já o motorista não sofreu ferimentos.

A polícia apura se o condutor da moto teria feito uma conversão sem sinalizar e foi  atingido pela ambulância. O motorista tentou frear para evitar colisão, mas não conseguiu.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) vai analisar o local para apontar as causas do acidente. As responsabilidades serão investigadas pela Polícia Civil.

Por nota, a assessoria da prefeitura de Nova Mutum ressaltou que está apurando o caso e destacou que o condutor da ambulância possui vasta  experiência, sendo considerado um motorista exemplar. Além disso, lamentou o ocorrido e informou que uma equipe do Serviço de Segurança no Trabalho já foi enviada ao local para dar toda assistência aos envolvidos.

A identidade do motociclista ainda está sendo confirmada.

Fonte: Redação com informações do Só Noticias

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Prefeito diz que dívida previdenciária é “herança maldita” de gestões que não honraram compromissos

Publicado

em

O Prefeito de Rosário Oeste, João Balbino contestou matéria veiculada pelo TCE NOTICÍAS com o título: TCE vai apurar falhas no recolhimento de INSS e IR na Prefeitura de Rosário Oeste.

Balbino explicou que desde quando assumiu a gestão, para o primeiro mandato em janeiro de 2013, o município já possuía um passivo previdenciário em atraso muito grande, tanto o patronal como dos segurados.

Isso ocorria porque nas gestões anteriores os atrasos no recolhimento previdenciários foram acumulando, o que provocou uma dívida enorme, pois os parcelamentos não eram “honrados”.

O gestor lembra que desde o ano de 2013, o município padece com os atrasos, de gestões que não fizeram o dever de casa e não cumpriram os compromissos assumidos.

 

A suposta “omissão” no recolhimento de cotas de contribuições previdenciárias patronal e dos segurados, a suposta ausência de apropriação da contribuição previdenciária patronal e o suposto pagamento de juros e multas decorrentes da realização de acordo de parcelamento e confissão de débitos previdenciários, tem a ver com o recolhimento mensal ao fundo previdenciário, ROSARIO OESTE PREVI, que foi feito e não foi quitado pelos seus antecessores.

Para Balbino, a matéria jornalística do TCE NOTICÍAS refere-se, portanto a esses atrasos, bem como atesta que a contribuição patronal de 2015/2016, foram devidamente parceladas no ano de 2017, cuja análise e decisão final por parte do Tribunal de Contas dependerá de tomadas de contas para fins de apuração dos fatos.

Ele reafirma que sua gestão sempre se pautou pela ética,  publicidade de seus atos, impessoalidade, moralidade e  legalidade, e sempre com o firme propósito de solucionar todas questões, inclusive as previdenciárias. O gestor acredita que após as tomadas de contas pelo Tribunal competente, ficará devidamente comprovado que não existe nenhuma irregularidade por parte da atual administração.

Fonte: Redação com Assessoria

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana