conecte-se conosco


Esportes

Lutador de Sinop conquista ouro e três pratas em mundial de Artes Marciais na Itália

Publicado

em

Mundial de Artes Marciais, disputado entre sexta-feira, 02, e o domingo, 04, em Roma (Itália), terminou com um gosto especial para o atleta Genivaldo José da Silva, o Gibi, de Sinop. Integrante da delegação brasileira e competindo com atletas de vários países, Gibi deixou o torneio com três medalhas totais e figurando entre os melhores do mundo. No boxe ele se tornou campeão mundial, enquanto, pelo MMA, kickboxing e boxe chinês, faturou a prata.

O lutador marcou presença na competição apoiado pela Prefeitura de Sinop, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.  “Realmente, se não fosse o apoio da Prefeitura de Sinop, do incentivo fiscal, não teria acontecido nada disso e eu estar aqui”, disse Gibi.

Gibi lutou na categoria master até 72,5 quilos e enfrentou adversários de diferentes partes do mundo. Além do ouro, as três medalhas de prata e o título de vice-campeão mundial também têm significado especial. No MMA o segundo lugar de Genivaldo veio entre 8 atletas participantes. No kickboxing, o vice-campeonato foi obtido entre 10 lutadores e, pelo boxe chinês, entre 6 competidores. “Estou muito feliz pelas minhas conquistas, mesmo com três costelas quebradas e o pé muito machucado. Vocês não imaginam a minha felicidade de ser campeão mundial entre tantos países”, relatou o atleta.

Em Sinop, onde reside e atua profissionalmente, o professor Genivaldo responde pela formação e instrução em artes marciais de crianças e adolescentes do projeto Kravthaikick – 11º BPM Formando Cidadãos, realizado pela Polícia Militar. Ele cede o espaço em sua academia de artes marciais para que os jovens treinem. Antes do Mundial em Roma, o professor também havia conquistado o cinturão de campeão no Pan-Americano de Kickboxing no Pan Americano de Artes Marciais em Santa Isabel, em agosto deste ano.

Esportes

Inscrições para a 33 ª Corrida Bom Jesus de Cuiabá dos 300 Anos começam nesta segunda

Publicado

em

As inscrições para 33ª edição da Corrida Bom Jesus de Cuiabá dos 300 Anos serão abertas a partir das 12h desta segunda-feira (25). Os interessados em participar do evento esportivo, podem se inscrever pelo site da Prefeitura de Cuiabá, clicando no banner da corrida, até sexta-feira (29). A Corrida traz este ano, o tradicional Palácio Alencastro como símbolo e a expectativa de público é de 5 mil pessoas.  A prova acontecerá no dia 14 de abril, com percurso de 10 km, envolvendo vários pontos turísticos da Capital.

No ato da inscrição, a pessoa deverá informar seu CPF, data de nascimento, sexo, endereço, telefone, tamanho da camiseta e profissão. Na sequência o sistema gerará um boleto no valor de R$ 50,00, que poderá ser pago em qualquer agência bancária até a data de vencimento.

Estão isentos da taxa de pagamento, as pessoas com deficiência e idosos acima de 65 anos. Essas pessoas que se enquadram nestas duas categorias deverão realizar suas inscrições na sede da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo. Todas essas e demais normativas estão previstas no regulamento da corrida, publicado no Diário de Contas nº 1473, no dia 14 de março, nas páginas 44 a 45.

Assim como nas demais edições, a Corrida envolve o social e o valor arrecadado com as inscrições será revertido em cestas básicas, doadas ao final para instituições selecionadas pela Assistência do Município. De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro a meta do ano do tricentenário é alcançar 50 toneladas de alimentos, batendo o recorde do último ano, onde a gestão distribuiu 30 toneladas.

“A força-tarefa é para arrecadarmos 50 toneladas e, assim, podermos ajudar um número bem maior de pessoas necessitadas. A primeira-dama está unindo forças ao objetivo, juntamente com a equipe da Secretaria de Cultura e vamos trabalhar para promover um grande evento esportivo/social neste mês de aniversário da nossa amada Cuiabá. Por isso, convite a todos que venham, façam suas inscrições e ajudem-nos a transformar vidas”, conclama o prefeito.

Segundo o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, o percurso de 2019 será o mesmo da edição passada, com largada no Parque das Águas, passando dentro do Centro Político, descendo a tradicional Avenida do Historiador Rubens de Mendonça, pegando a área central pela Getúlio Vargas, descendo a Joaquim Murtinho para sair na região da 15 de novembro, seguindo até a Orla do Porto. Ele explica que a decisão de mantê-lo é devido a boa avaliação que obtiveram dos participantes.

“Tivemos muitos elogios quanto ao percurso desenhado em 2018 e, diante disso, resolvemos mantê-lo. É um caminho sem subida, que facilita por causa do forte calor de Cuiabá e também que abrange vários pontos turísticos da Capital tricentenária. E como o prefeito bem disse, mais uma vez este ano, mantemos também o viés social da prova, revertendo o valor das inscrições em compras de alimentos, que serão doados aos mais necessitados”, reitera Vuolo.

Ao todo, serão distribuídos R$ 25 mil em premiação.  Diferente dos outros anos, o evento traz quatro novas categorias –  as Categorias Destaques -, além das já tradicionais:  Idoso (a), melhor Fantasia, melhor Cuiabano (a) e a categoria melhor Servidor (a) municipal. Todos receberão premiação no valor de R$ 500,00.

Já a premiação para o geral (pelotão de elite) –  masculina e feminina – variam de R$ 3.000 a R$ 600,00. A categoria especial comtempla cadeirantes e pessoas com deficiências visual, física e intelectual, onde os vencedores levarão o prêmio de também R$ 500,00.

Segundo o secretário-adjunto de Esportes, Edilson Odilon, o tradicional evento vem somar à ações de incentivo para vários eixos, que vão além do esporte local.  “O evento auxilia não só a revelação de novos atletas, dando a eles visibilidade nacional e até mundial. A prova fomenta a cultura, turismo, manifestações folclóricas da cidade e a solidariedade entre os atletas e toda população”, destaca Edilson.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana