conecte-se conosco


Eventos

Justiça Comunitária e PRF promovem ação para mulheres caminhoneiras

Publicado

em

As mulheres que conduzem caminhões ou acompanham os maridos pelas estradas de Mato Grosso tiveram um Dia da Mulher especial na última sexta-feira (8 de março). O programa Justiça Comunitária, do Poder Judiciário de Mato Grosso, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal e o Posto Aldo, participou de uma festividade realizada na BR 364, em Cuiabá, com a disponibilidade de serviços, atendimentos e esclarecimentos jurídicos às famílias caminhoneiras.
Em um bate-papo descontraído, o juiz-coordenador da Justiça Comunitária, José Antônio Bezerra Filho, abordou temas da realidade de quem vive nas rodovias, como a responsabilidade civil e criminal na condução dos veículos de carga, jornada de trabalho, consequências de uso de rebites, álcool e outras drogas, falou da legislação, além de abordar o problema da violência doméstica.
“Nós trouxemos uma fala extremamente positiva a todos. Esse é o espírito da Justiça Comunitária: trazer esclarecimentos sobre direitos, sobre ações que efetivamente trazem resultados profícuos para o Judiciário, na informalidade de um ambiente como esse”, destacou o magistrado.
A maquiadora Belém Silva é natural do Pará e acompanha o marido caminhoneiro há cinco anos, viajando na boleia do caminhão. Para ela, o evento foi muito interessante. “É muito importante, as mulheres têm que se manifestar, parar de ter medo, denunciar. Achei o evento chiquérrimo, nota 1000”, avalia.
Várias policiais da PRF também estiveram em peso no evento, levando esclarecimentos para todo o público, com cartilhas, informações, simuladores do teste do bafômetro e mensagens orientativas.
A chefe de operações substituta da PRF, Iara Alves dos Santos, enfatizou a importância da parceria entre a instituição e o Judiciário – órgãos vistos muitas vezes como rígidos pela população – para descontruir essa imagem e mostrar que todos estão disponíveis para servir o público.
“A PRF trabalha muito para desfazer essa imagem de que é autoridade. As pessoas têm medo e não podem chegar perto. Nós somos seres humanos, temos um emprego como todo mundo tem e somos servidores públicos. Esse paradigma do Judiciário também foi desconstruído, porque o programa Justiça Comunitária nos mostra que todos estão juntos preocupados com a sociedade”, enfatizou.
 
Mylena Petrucelli

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Eventos

LBV entrega kits de matérias pedagógicos para crianças carentes da capital e de Comunidades Indígenas e Quilombolas em MT.

Publicado

em

 A Legião da Boa Vontade (LBV) realizou, nesta quinta-feira (21/03) mais uma entrega de kits de material pedagógico em Cuiabá. A entrega aconteceu no Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, localizado na rua São José Operário, s/n, no bairro Dom Aquino. Na ocasião, foram entregues kits de material pedagógico para 200 crianças e adolescentes de famílias em situação de vulnerabilidade atendidos pela Instituição na capital cuiabana.

 

A entrega foi marcada por grande emoção das famílias atendidas, “Eu só tenho que agradecer a LBV, já tem dois anos que meu filho é atendido pela Instituição, recebendo o kit pedagógico ajuda muito no orçamento da gente, meus agradecimentos a todos que colaboram com a Instituição, que Deus dê em dobro a cada um deles”, destacou Delton Leite, pai de João Daniel Leite de 8 anos, atendido pela LBV.

 

A cerimônia contou ainda com a presença de dezenas de voluntários e de parceiros da Instituição, como Energisa MT, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, CMDM, CMPIR, GRUCON, Associação dos Familiares Vítima de Violência, Assaí Atacadista, Associação Centro América de Karatê Shotokan e da Mídia em geral.

 

Em Mato Grosso também foram beneficiados com kits pedagógicos, 110 estudantes da Comunidade Indígena da Aldeia Tadarimana, Pobore e Prainhão em Rondonópolis e 90 estudantes da Comunidade Quilombola do Mata Cavalo em Nossa Senhora do Livramento/MT.

 

A ação faz parte da campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro, promovida pela LBV em todo o Brasil, com o objetivo de apoiar as famílias que não tem recursos para a compra do material escolar e incentivar a garotada a frequentar a escola e a continuar os estudos.

 

Os kits são compostos de itens de acordo com a faixa etária dos estudantes e contém estojo, lápis preto e de cor, canetas, apontador, borrachas, tesoura, tubos de cola, tinta guache, cadernos, mochila, régua, dicionários de português e inglês entre outros.

 

Mobilização

Para angariar os recursos, a LBV mobilizou colaboradores, voluntários, empresas parceiras e o importante apoio da mídia. Ainda dá tempo de ajudar. As doações podem ser feitas pelo site www.lbv.org ou pelo tel.: 0800 055 50 99.

Segue em anexo fotos e release da entrega.

Fonte: Assessoria

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana