conecte-se conosco



Polícia

Integrantes de quadrilha que roubava motoristas do Uber são presos na região do São Matheus; veja vídeo

Publicado

em

Três suspeitos foram presos em flagrante, na noite desta terça-feira (17), na região do São Matheus em Várzea Grande, após assalto a um motorista de Uber. De acordo com a Polícia a quadrilha agia no município roubando motoristas de aplicativo.

Segundo informações, a viatura da Policia Militar, fazia rondas pela Rodovia dos Imigrantes, quando se deparou com a viatura da Rota Oeste e um motorista que havia sido assaltado. Conforme o homem, o casal levou um Renault Logan de cor branca, placa PYX-8505, uma quantia em dinheiro e o celular da vítima.

A PM mobilizou as demais guarnições e foi até a residência do tio da vitima para verificar o sinal de rastreador, porém já estava desligado.

Durante abordagem no trevo do São Matheus, o casal foi localizado em outro veículo do Uber, que provavelmente seria a próxima vítima, pois os criminosos já haviam dado ordens para que se dirigisse até o fundo  do bairro.

 

Em revista pessoal ao suspeito Amilton Paulo Siqueira, a policia encontrou  um simulacro de arma de fogo tipo pistola, para detê-lo foi necessário uso de força moderada e spray de pimenta.

Motoristas do aplicativo foram ao local, assim que foram comunicados através das redes sociais, tentando fazer justiça com a próprias mãos partindo para cima dos suspeitos desferindo socos e pontapés.

Todos os suspeitos foram encaminhados para a Base da 3ª Cia São Matheus, com  Juliana Vieira Coenga, foi encontrado o celular Samsung J7.

Os suspeitos ainda informaram que todos os aparelhos celulares subtraídos por eles em roubos anteriores, foram vendidos para Elias Souza Abreu, proprietário de uma loja no Jardim Eldorado, que confirmou a informação.

Outros motoristas estiveram na Central de Flagrantes e reconhecerem o casal como autores de outros roubos praticados na região.

O veiculo Renault Logan de cor branca de placa PYX-8505 foi localizado próximo da Upa do bairro Ipase.

 

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Sema apreende 108 kg de peixes e apetrechos proibidos

Publicado

em

A equipe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) apreendeu 108 quilos de pescado e diversos apetrechos de pesca predatória nos municípios de Porto Alegre do Norte e Confresa. A Operação foi realizada na quinta-feira (17.10) pela equipe de Fiscalização de Fauna da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) e pela Diretoria de Unidade Descentralizada de Confresa, em parceria com a Policia Militar.

As espécies apreendidas são pirarucu, tucunaré, matrinxã, piranha, corvina, piau e tabatinga. Além dos peixes foram recolhidas três redes de captura de pirarucu, oito redes de pesca de diversos tamanhos e diversas malhas, uma tarrafa, cinco espinheis, 60 boias e 02 freezers.

Os fiscais aplicaram multas no valor total de R$ 6,1 mil. Os peixes foram doados a instituições filantrópicas de Porto Alegre do Norte e de Confresa.

Piracema

O período de defeso da piracema no Estado de Mato Grosso iniciou no dia 1º de outubro e segue até dia 31 de janeiro de 2020. A proibição à pesca, tanto amadora como profissional, abrange os rios das Bacias Hidrográficas do Paraguai, Amazonas e Araguaia-Tocantins.

Neste período é permitida apena a pesca de subsistência, desembarcada, que é aquela praticada artesanalmente por populações ribeirinhas ou tradicionais para garantir a alimentação familiar, sem fins comerciais.

Para os ribeirinhos é permitida a cota diária de três quilos e um exemplar de qualquer peso por pescador, respeitando os tamanhos mínimos de captura, estabelecidos pela legislação para cada espécie. O transporte e comercialização proveniente da pesca de subsistência também fica proibido.

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana