conecte-se conosco


Política MT

Governo notificará proprietários de 14 mil veículos em atraso com o licenciamento

Publicado

em

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) inicia na próxima segunda-feira (14.01) a cobrança dos licenciamentos de veículos que estão em atraso no ano de 2014. Existem cerca de 900 mil veículos em situação irregular em Mato Grosso, dos quais 14 mil serão notificados no primeiro lote de cobrança, com saldo negativo em atraso de aproximadamente R$ 450 milhões.

A não quitação da dívida resultará na inclusão na dívida ativa para cobrança administrativa e judicial. Esse trabalho de regularização será feito em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e visa, prioritariamente, arrecadar recursos que poderão ser utilizados em áreas prioritárias, como saúde, educação e segurança pública.

“Em razão da crise a qual o Estado enfrenta, todas as situações de inadimplência vão ser tratadas com ações rígidas de cobrança, com o objetivo de devolver esses recursos em serviços ao cidadão. Além disso, também é uma resposta aos contribuintes que pagam em dia”, explicou o procurador-Geral do Estado, Francisco Lopes.

O pagamento é via boleto e deve ser feito em parcela única no valor de R$ 126, sem juros. A liberação para que o proprietário consiga emitir o documento do veículo é de até 48 horas. Esta cobrança vale apenas para os veículos em situação de atraso em 2014. Já a quitação dos débitos de licenciamento dos anos seguintes deve ser feita no Detran.

Aqueles que não regularizarem o pagamento continuarão sem retirar o novo documento, além de cobrança de taxa de protesto (aumento no valor da parcela) e restrições na emissão de certidão negativa do Estado.

Serviço

A guia pode ser retirada a partir do site da Procuradoria Geral com a consulta pelo CPF (pessoa física) e CNPJ (pessoa jurídica), ou na sede da Procuradoria localizada na Av. República do Líbano, 2258 – Jardim Monte Líbano, em Cuiabá. O horário de atendimento é das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira.

 

Fonte: Gcom-MT

Por Evelyn Ribeiro

Política MT

Max Russi pede obras emergenciais na MT-100

Publicado

em

O trecho da MT- 100, que liga Barra do Garças e Alto Araguaia, representa um importante corredor de escoamento de pessoas e produtos da região. Problemas de infraestrutura, relatados por quem trafega por essa rodovia estadual, levaram o primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, o deputado Max Russi (PSB),  a cobrar providencias urgentes do governo do estado.  A demanda foi apresentada pelo vereador Geralmiro Alves, o Doutor Neto.

Fatores climáticos, que castigam a MT, só tem piorado a situação dessa malha viária em diversas regiões, como o caso de Torixoréu (a 577 km de Cuiabá).  Do município até Pontal do Araguaia são 186 km, sendo que boa parte não possui pavimentação. “Tem uma parte com crateras enormes, que estão praticamente engolindo a estrada”, ilustrou Doutor Neto.

Ele alega ainda que medidas de urgência também são necessárias nas pontes, que não foram concluídas,  próximas a Araguaiana. Conforme relatos, os motoristas precisam desviar por vias alternativas e assim acabam expostos a diversos perigos de acidentes.

Para o deputado Max Russi , tais casos críticos precisam urgentemente de medidas, ao menos paleativas, até que aSecretaria de Estado de Infraestrutura e Logística do Estado de Mato Grosso (Sinfra-MT) retome os trabalhos.

“Essa estrada está com muitos trechos sem asfalto e essa é uma cobrança muito importante, pois a MT-100 ajuda muito no desenvolvimento do Araguaia  e região”, avaliou.

Fonte:José Carlos Marques Pereira Júnior

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana