conecte-se conosco


Várzea Grande

GM fala sobre agressões e desmente versão de site

Publicado

em

O Guarda Municipal Luiz Carlos, explicou ao MT de Fato, o episódio ocorrido no último sábado (09), na Travessa Norberto de Barros, com o motorista de um veículo Monza, que entrou na contramão, estava embriagado, sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), com documentos do veículo atrasado, que após abordagem, agrediu três guardas municipais.

Luiz teve ferimentos no rosto e foi atendido no Pronto Socorro de Várzea Grande.

O Guarda relatou o comportamento agressivo do condutor do veiculo. Segundo Luiz, ele começou a chutar a viatura assim que foi parado pela guarnição e desferiu socos nos agentes.

“Ele demonstrou um comportamento muito agressivo, então foi dada voz de prisão, ele teve que ser imobilizado, mas tivemos dificuldades, com a resistência empregada durante a condução. As pessoas começaram a parar ao redor, para ver a cena, fotografar e filmar, foram momentos difíceis, pois ele entrou em luta corporal com a equipe”, lembrou.

A confusão foi registrada no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) do Parque do Lago.

Para imobilizar o agressor, o GM utilizou uma arma de choque, uma taser, mesmo assim ele conseguiu resistir e desferiu um golpe, acertando o supercilio de Luis, que ficou ferido.

F. da C. F. foi preso e durante audiência de custódia, realizada neste domingo (10), confirmou as agressões contra os agentes municipais e logo em seguida foi liberado.

Fonte: Elisângela Neponuceno-MT de Fato

Várzea Grande

Polícia Civil prende casal que mantinha boca de fumo no bairro Jardim Imperial

Publicado

em

Um casal envolvido com o comércio de drogas em Várzea Grande foi preso pela Polícia Civil, na manhã de sexta-feira (23.08), em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), para cumprimento de mandado judicial de busca e apreensão.

J.D.N. de 23 anos e sua mulher, A.S.T.A. de 23 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. O trabalho resultou também na apreensão de veículos, porções de maconha, simulacro de pistola e dinheiro.

Durante diligências para mapear locais de venda de entorpecentes, os investigadores da DRE identificaram a residência dos suspeitos como ponto de traficância. Com base nos indícios, a Polícia Civil representou pelo pedido de busca e apreensão domiciliar no endereço identificado como ponto de venda de entorpecentes.

Com o mandado de busca e apreensão deferido pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande, os policiais civis foram até o alvo, no bairro Jardim Imperial.

No endereço, a equipe foi recebida pelos envolvidos, porém no momento da chegada dos policiais, o jovem J.D.N. quebrou o seu aparelho celular, possivelmente para ocultar provas e dificultar o trabalho policial.

Na casa, foram apreendidos um simulacro de pistola, porção de maconha, um veículo, uma motocicleta, mais de R$ 580 em dinheiro, um rádio de comunicação, entre outros materiais.

Diante do flagrante, ambos foram conduzidos à DRE, interrogados e autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo posteriormente colocados à disposição da Justiça.

Foto Ilustrativa

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana