conecte-se conosco


Eventos

Fieis da Igreja Batista da Paz recebem homenagem na ALMT

Publicado

em

Um momento para agradecer. Essa foi a tônica da sessão especial realizada na Assembleia Legislativa, na noite desta quinta-feira (13), alusiva aos 20 anos de fundação da primeira Igreja Batista da Paz de Cuiabá.

De iniciativa do presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM), os representantes da IBPAZ foram homenageados com moção de aplausos e apresentação do Coral IBPAZ, que cantou e encantou o público com as músicas: Meu Tributo, de Waldemir Carvalho e Como Não Entoar Teu Louvor, de Tomlim C., sob a regência de Helen Luzi Rezende.

O presidente da IBPaz de Cuiabá, Isaías Pereira da Silva, disse que a emoção é indescritível ao ver o trabalho sendo reconhecido. Somente a sede de Cuiabá, no bairro Verdão, acolhe 1,2 mil fieis. “É muito importante para nós essa homenagem. É gratificante saber que de alguma maneira nosso trabalho foi reconhecido. Para nós é honroso, gratificante mesmo e queremos servir a cidade de diferentes formas, sempre levando a Palavra de Deus”.

Para presidente Botelho, o reconhecimento é a gratidão pelo importante trabalho desenvolvido “salvando almas”. Destacou o momento como de renovação para a alma e para o espírito, e discursou: Deus, na sua infinita sabedoria, deu à natureza a capacidade de desabrochar a cada nova estação e todos a capacidade de recomeçar a cada novo momento.

“Por isso, chamamos todos vocês aqui para homenageá-los nesta sessão especial, em virtude disso quero falar de gratidão. Porque gratidão é um sentimento de reconhecimento, uma emoção por saber que uma pessoa fez uma boa ação, um auxílio, em favor de outra. Gratidão é uma espécie de dívida. É querer agradecer a outra pessoa por ter feito algo muito benéfico para ela. E nós sabemos do bem que uma Igreja traz aos seus fieis frequentadores. Por isso somos gratos”, discursou Botelho.

Na oportunidade, o presidente agradeceu cada um dos pastores da IBPaz. Além dos pastores Isaías e Jairo, também tiveram destaques os pastores: Moisés Vieira de Matos, da IBPaz Várzea Grande; Atair Silveira, da IBPaz do Parque Atalaia; Heber Juliano, da IBPaz de Campo Novo do Parecis; Ricardo Melo, da IBPaz do Parque do Lago; Jean Klebber Brito, da IBPaz do Cristo Rei; Alviete Borges Silveira, da IBPaz do CPA IV; Celso Oliveira, da IBPaz do Santa Izabel; Osmar Bezerra, da IBPaz do município de Barra Bonita, de São Paulo.

“A ideia da IBPaz é a de sempre estar de portas abertas para receber aqueles que precisam da Palavra de Deus”, disse o pastor Jairo Ishikawa, da IPAZ do Jardim das Américas.

“Desejo a todos da Igreja Batista da Paz de Cuiabá muito mais anos cheios de amor e de alegria para fazer a gente aprender mais, para ensinar mais, vivenciar outras dores e suportar velhos problemas. Sorrir novos motivos e chorar outros, porque amar o próximo é dar mais amparo, rezar mais preces e agradecer mais vezes”, complementou o presidente.

Com o Plenário e galerias lotados, também participaram o ex-deputado Carlos Brito, representando o governo do estado, e Thiago França, secretário adjunto da Secretaria Estadual de Infraestrutura – Sinfra.

 

Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Eventos

Projeto arrecadará materiais reciclados para compra de cadeiras de rodas

Publicado

em

Projeto arrecadará materiais reciclados para compra de cadeiras de rodas

 

Os sulcos envelhecidos já revelam as 8 décadas de vida de dona Selma Grans Zanato. Em 2007, após um grave problema de saúde, teve de amputar uma das pernas e desde então passa os dias sentada em cadeiras, cama ou poltronas de sua casa localizada no bairro Costa Verde, em Várzea Grande. Nessa semana, o coordenador da Associação Paz e Bem, Fábio Pacheco, embalou a cadeira de rodas, colocou no porta-malas do carro e desembocou na rua de terra batida do bairro várzea-grandense.

 

Para comprar a cadeira de dona Selma foi necessário juntar uma tonelada de papel que foram vendidos para cooperativas de reciclagem. E o serviço é feito por meio do projeto ‘Mão na Roda’, que agora é parceiro do Núcleo Socioambiental do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT). Para unir as pontas entre as pessoas necessitadas e a captação de materiais o Tribunal irá recolher, no próximo dia 28 de junho livros, códigos revistas e qualquer tipo de papel, em frente ao auditório Gervásio Leite, das 9h às 17h.

 

O material será doado à instituição Paz e Bem que fica localizada no bairro Parque Residencial Tropical Ville, em Cuiabá. “Nós coletamos esses materiais, fazemos a triagem e revendemos. Com esses recursos nós compramos cadeiras de rodas que são doadas às pessoas necessitadas. Essa já é a segunda parceria fechada com o Poder Judiciário e esperamos que os servidores colaborem com as doações”, disse Fábio Pacheco.

 

O projeto foi criado com o objetivo de obter, direcionar e gerir recursos às pessoas carentes com deficiência motoras, como cadeiras de rodas, cadeiras de banho, próteses e acesso a tratamentos médicos. A líder do Núcleo Socioambiental, Ana Carolina da Cunha Ferreira, explicou como funcionará a coleta. “Nós receberemos revistas, códigos usados, papel A4 e com isso vamos beneficiar tanto o meio ambiente, quanto o social. O ponto de entrega é aqui na frente do Gervásio Leite”, comentou.

 

 “Essa cadeira de rodas foi realmente foi uma ‘mão na roda’ nesse momento. Nós não teríamos condições de comprar uma. Tanto que minha mãe já está sem muita locomoção há algum tempo. Essa doação chegou numa hora importante”, disse a filha da dona Selma, Marta Grans Zanato.

 

Ulisses Lalio

Coordenadoria de Comunicação do TJMT

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana