conecte-se conosco


Polícia

Falso policial alega ter comprado farda para conquistar mulheres

Publicado

em

falso policial que estava sendo procurado pela Polícia Civil, Airton Alex Nunes, 26, conhecido como Alex Bafo, compareceu nesta quinta-feira (9) à Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) e prestou depoimento sobre o uso de uniformes e distintivo com brasão do órgão, em seguida foi liberado.

Airton admitiu que comprou o uniforme policial pela internet, no site de compras e vendas do Mercado Livre, com o objetivo de conquistar mulheres. Segundo o rapaz, ele se vestia com o traje apenas dentro de casa e tirava fotos para enviar às possíveis pretendentes.

Ainda no depoimento, Airton contou que no início deste ano se matriculou em um cursinho para estudar para o concurso da polícia, foi quando realizou a compra do uniforme.

Sobre as armas, ele disse que uma das armas seria uma espingarda de pressão e a pistola seria de um amigo policial.

De acordo com a Polícia Civil, Airton Alex irá responder por uso ilegítimo de uniforme e distintivo e posse ou porte de arma de fogo.

Airton foi denunciado por estar se passando por investigador da Polícia Civil e usando arma de fogo. Além disso, ele próprio divulgada imagens no WhatsApp se exibindo com farda da PJC, brasão e arma.

 

Por Valquiria Castil

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia recupera bezerros roubados de propriedade após denúncia

Publicado

em

Uma carga de bezerros, furtada há cerca de uma semana em propriedade da vicinal 4ª Leste no município de Alta Floresta foi recuperada pela Força Tática da Polícia Militar. O trabalho foi realizado a partir da chegada de informações anônimas e operação montada pela PM que chegou a três pessoas e ainda à identificação do ladrão.

Capitão PM Ben-Hur, comandante da Força Tática em Alta Floresta, disse que a Polícia Militar agradece a confiança da comunidade em repassar as informações. Foi assim segundo ele que os trabalhos chegaram às pistas dos suspeitos. A carga furtada saiu do Setor 4ª Leste, passando pela 3ª Leste, Setor Bom Fim onde o gado teria ficado até o dia seguinte. “A pessoa pediu para um sitiante deixar o gado lá aquela noite e depois seguiu até uma fazenda onde negociou os animais. As informações foram levantadas e chegamos ao sitiante, o transportador e o dono da fazenda. Todos foram encaminhados à Delegacia”, disse o oficial da Força Tática.

Os três apontados no caso foram ouvidos e liberados. Se comprovado que o dono da fazenda que teria negociado o gado, sabia da procedência ilícita esse pode responder por receptação. Já o autor do furto foi identificado e até o endereço encontrado, mas ele despareceu. “Já sabemos quem foi e o nome com outras informações passadas à Polícia Civil”, finalizou Ben-Hur.

Fonte: Jornal cidade

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana