conecte-se conosco


Variedades

FAKE NEWS: Rede social não é site de notícias

Publicado

em

“Rede social não é site de notícias”, afirma o filósofo Fabiano de Abreu
 
Em um mundo virtual em que muitos se acham o dono da verdade e da razão, publicando o que querem, o que acham, convictos e convincentes, quem salva e o que salva é a imprensa, alerta o filósofo e pesquisador Fabiano de Abreu: “Somente a imprensa pode definir se aquilo que foi escrito é verdade ou não. Portanto, essa história que a midia social está acabando com a imprensa não é verdade, precisamos da imprensa para a credibilidade dos fatos”.
 
Para ele, o fake news acontece unicamente pois há quem dá atenção a isso. “Há quem leia e passe adiante. Há quem goste da confusão, da discórdia. Há os que estão infelizes com a própria vida e propagar a discórdia torna-se uma resposta para a sociedade. É tão simples, ao receber uma informação, digite sobre a mesma no Google e veja se alguém de relevância o publicou. Se um site de notícias com credibilidade tenha publicado”, afirma Fabiano de Abreu, que também é jornalista e assessor de imprensa.
 
“No mínimo pode demorar um pouco para ser publicado, pois a imprensa apura os fatos e só publica com 100% de certeza. Mas aguarde e verifique se a informação é ou não real. Fora isso, é só mais uma pegadinha de mídia social. Em época de eleições, temos que ter muito cuidado com o fake news, primeiro, ao ler, não acredite antes de provar. Pois a informação, se for relevante, estará em um site de notícias”, acrescenta o filósofo.
 
Mais sobre Fabiano de Abreu www.deabreu.pt

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Variedades

Cinco Escolas são selecionadas para receber recurso financeiro

Publicado

em

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) divulgou nesta quarta-feira (21.08), as cinco Escolas da Rede Estadual de Mato Grosso que foram selecionadas para receber aporte financeiro do Instituto Farmun para realizarem suas Feiras de Ciências.

As escolas que receberão o aporte são: Escola Estadual Liceu Cuiabano ‘Maria Arruda Muller’, Escola Estadual Alice Barbosa Pacheco, Escola Estadual Profº Eucaris Nunes da Cunha e Moraes, Escola Estadual José Leite de Moraes e Escola Estadual Presidente Médici.

A superintendente de Desenvolvimento Cientifico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lecticia Figueiredo explica que as escolas contempladas com o aporte financeiro deverão levar professores em uma visita técnica no evento AgroDay,  que acontecerá no dia 14 de setembro, no município de Campo Verde, com todas as despesas pagas pelo Instituto Farmun.

“Esse evento tem o objetivo de levar os professores para uma imersão de conhecimento do sistema de produção com alta tecnologia de uma fazenda”, afirmou.

Lecticia destaca que todas as escolas inscritas que não foram selecionadas para receber o aporte financeiro, poderão escolher até três projetos para participar da XI Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Mecti), que será realizada de 22 a 25 de outubro.

Lecticia relata que as escolas que ainda não se inscreveram para participar da Mostra podem se afiliar e enviar os projetos até o dia 30 de setembro. “O objetivo do evento é fomentar a iniciação cientifica júnior nas escolas, despertando a criatividade dos alunos para a ciência e tecnologia”.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana