conecte-se conosco


Cuiabá

Faixas exclusivas reduzem em até 30% o tempo de viagem no transporte coletivo; conheça regras

Publicado

em

Implantadas em 2017, as faixas exclusivas para ônibus garantiram agilidade ao transporte coletivo e reduziram o tempo de viagem de parte dos mais de 240 mil usuários do transporte coletivo de Cuiabá em até 30%. Embora a maior parte dos condutores já tenha se adaptado, a medida ainda deixa alguns com dúvidas relativas aos horários de funcionamento e proibições.

De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, veículos comuns estão autorizados a transitar pelas faixas após as 20h, em dias de semana e a partir das 14h de sábado, nos finais de semana. No total, são 14 km de faixas distribuídos entre as Avenidas Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), Tenente Coronel Duarte (Prainha), Getúlio Vargas e Isaac Póvas.

Nestes locais, foi possível manter o número de viagens com redução de até 15% da frota, graças a agilidade nas viagens. Assim, é possível remanejar veículos conforme as demandas das linha. “É uma ação com balanço extremamente positivo. O percurso do Terminal do CPA I até o Porto, que demorava de 45 minutos a uma hora, hoje é feito em 30 minutos”, diz.

Diante disso, a Pasta estuda a viabilidade de implantação nas avenidas João Gomes Sobrinho, Trabalhadores e Fernando Correa. “Nestes pontos a implantação ainda é avaliada pelos nossos setores de Trânsito e Transporte. Acreditamos que já há uma nova cultura em relação aos corredores, por isso a implantação em novos pontos seria mais tranquila do que foi em 2017”, comenta.

No período mencionado, foi realizada ostensiva campanha de conscientização e as autuações só passaram a ser aplicadas em 2018. É importante destacar que transitar na faixa ou via exclusiva regulamentada é infração gravíssima, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O infrator está sujeito a multa de R$ 293 e perda de sete pontos na CNH.

O diretor de Transporte, Nicolau Budib, lembra que o monitoramento destes pontos é feito por meio de câmeras e também pela presença in loco dos agentes de trânsito. “Vale lembra que, além dos coletivos, também podem transitar pelas faixas exclusivas, a qualquer momento do dia, táxis com passageiros e veículos de emergência, como viaturas e ambulâncias”, finaliza.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Chuva chega a Cuiabá no fim de semana

Publicado

em

Áreas de instabilidade continuam se formando sobre o Mato Grosso causam mais pancadas de chuva. As condições para chuva aumentam sobre  Goiás neste final de semana e as pancadas de chuva podem ocorrer inclusive sobre Goiânia, que completou 125 dias sem chuva significativa. Um sistema de alta pressão atmosférica avança sobre o Mato Grosso do Sul diminuindo a chuva no estado.

Final de semana com chuva em Goiás

Praticamente todo o estado do Mato Grosso, incluindo Cuiabá, o centro-sul de Goiás, incluindo Goiânia, e o norte do Mato Grosso do Sul têm previsão de sol e pancadas de chuva de moderada a forte intensidade entre a tarde e à noite neste final de semana. Não deve chover no Pantanal de Mato Grosso.

A previsão para as demais áreas de Mato Grosso do Sul, incluindo Campo Grande, é de sol o dia todo, algumas nuvens, mas sem chuva. A região de Ponta Porã e de Corumbá deve amanhecer com  muitas nuvens, mas que vão diminuir e à tarde o sol vai predominar.

O norte de Goiás e o Distrito Federal continuam com sol forte, muito quentes e com ar muito seco. O calor pode passar dos 40°C no norte goiano.

Calor e baixa umidade do ar em Brasília

No centro-norte de Goiás e no Distrito Federal a umidade no ar vai chegar em níveis entre 13% e 20% nas horas mais quentes do dia. Para não prejudicar a saúde humana a umidade no ar deve ficar acima dos 60%, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

sol fica forte e faz muito calor, com temperatura que pode passar dos 40°C no norte goiano.

Brasília pode ter novo recorde de calor no fim de semana.

Chuva em Goiânia depois de muitos dias secos

Depois de 125 dias secos, deve voltar a chover em Goiânia neste sábado21 de setembro. O último registro de chuva significativa na capital foi de 10mm acumulados no dia 18 de maio de 2019, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

 

Foto de Gean Carlos, Castanheira (MT)

Tendência para a próxima semana

Na próxima segunda-feira, 23 de setembro, primeiro dia da primavera, uma massa de ar seco vai voltar a influência a Região e as áreas de instabilidade devem diminuir.  condições para pancadas de chuva a partir da tarde por quase todo o Mato Grosso, exceto no leste do estado, e no noroeste do Mato Grosso do Sul. Para as demais áreas, a previsão é de sol.

A chuva se espalha por muitas áreas do Centro-Oeste a partir da terça-feira, mas a chance de chuva na região de Brasília é baixa.

Confira como será a primavera 2019 na Região Centro-Oeste

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana