conecte-se conosco


Várzea Grande

Fabinho requer explicações sobre paralisação de obras em Várzea Grande

Publicado

em

O presidente da Câmara de Vereadores de Várzea Grande, Fábio José Tardin – Fabinho (DEM), requer explicações da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer sobre a paralisação das obras da creche Ataíde Ferreira, localizada no Residencial Ataíde Ferreira e do Centro de Iniciação ao Esporte, situado no bairro Residencial Alice Gonçalves.

Tardin relatou que foi procurado por aproximadamente 30 famílias que cobraram a retomada das obras. Segundo o parlamentar, os moradores o criticam, “dizem que não estou fazendo nada”, e, por isso precisam deixar os filhos em creches particulares.

“Eu venho cobrando o Poder Executivo todos os dias. Já pedi à prefeita Lucimar Campos, ao senador Jayme Campos. E não fazem praticamente nada. Nós precisamos que o empreiteiro dessa obra seja notificado a terminar, ou, que seja rescindido o contrato pela Prefeitura, caso a empresa não tenha condições de tocar. Eu já falei à prefeita: Vamos terminar nosso mandato e essa obra não sai”, alerta o presidente.

No Requerimento Nº 26/2019, aprovado por 17 votos favoráveis e quatro abstenções, na última sessão ordinária do dia (08.05), Fabinho solicita cópia do contrato firmado com a construtora responsável e toda documentação referente à execução do contrato.  A pasta responsável também foi questionada a responder quais os motivos da paralisação; qual a previsão para o retorno e a conclusão das mesmas. O parlamentar cobra ainda apuração de responsabilidade e quais medições foram pagas até a presente data.

 

Fonte: Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Homem é preso no Residencial Jequitibá após agredir esposa e adolescente grávida

Publicado

em

A PM foi acionada para se deslocar até ao Residencial Jequitibá, onde segundo informações estaria ocorrendo uma confusão generalizada.

Chegando ao local, os policiais se depararam com o suspeito em frente a residência, assim que percebeu a  presença da guarnição, ele tentou fugir pelo matagal.

Após a fuga, os militares fizeram contato com a denunciante, que é menor de idade e está gestante de dois meses.

A menor relatou que foi agredida pelo padrasto, que com uma faca ameaçou raspar o cabelo e matá-la em seguida.

A briga começou assim que a adolescente tentou proteger a mãe das agressões de João Paulo.

As vitimas relatam ainda que não é a primeira vez que este fato ocorre e que temem pela vida, pois segundo elas, o suspeito faz parte de uma facção criminosa.

Em seguida, a viatura recebeu uma chamada  via Ciosp, avisando que o homem foi detido por populares na Rua 11, do residencial. Segundo os moradores, o agressor, teria invadido uma das residências da rua.

Ele foi reconhecido pelas vitimas. Diante dos fatos a guarnição conduziu o suspeito ate a Central de Flagrantes para registro de boletim de ocorrência.  Ele apresentava várias lesões pelo corpo provocada por populares no momento da sua detenção.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana