conecte-se conosco


Cultura

Expedição Internacional chega à Cáceres nesta 3ª

Publicado

em

O município de Cáceres (215 km de Cuiabá) é o ponto de parada da Expedição Internacional “Redescobrindo a América do Sul” (“Ascending South America”), que está percorrendo 6.500 quilômetros do continente. Nesta terça-feira (09.10) a equipe que compõem a expedição fará uma apresentação dos trabalhos que vêm sendo realizados ao longo do percurso. São 15 pessoas entre cientistas, passageiros e jornalistas.

O evento será na Praça de Eventos da Sematur com apresentação cultural e a presença confirmada de estudantes da rede pública municipal, que participarão de uma entrevista com os membros da equipe que vão relatar, entre outros, os impactos da mudança no clima nas comunidades ondem moram. A entrevista terá transmissão via satélite para outros países.

A Expedição “Redescobrindo América do Sul” conta com o apoio do Instituto Sustentar, realizador do Projeto Bichos do Pantanal, que é patrocinado pela Petrobrás por meio do Programa Petrobrás Sustentável.

O itinerário teve início no Rio de la Plata, em Buenos Aires, e continuou pelo Rio Paraná até a junção ao Rio Paraguai. A equipe ficará três dias em Cáceres antes de seguir novamente com destino a Manaus (AM), onde será finalizada. Em Cáceres, a equipe completará 3.400 quilômetros. De lá, os barcos serão transportados pela estrada até o Rio Guaporé, no município de Vila Bela da Santíssima.

PROJETO BICHOS DO PANTANAL

O Projeto Bichos do Pantanal é patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, e realizado pelo Instituto Sustentar de Responsabilidade Socioambiental.  O Projeto Bichos do Pantanal atua desde agosto de 2013 em Mato Grosso, com foco em três pilares de ação: a conservação da biodiversidade, a educação ambiental e a geração de renda para a comunidade local.

Atendimento à Imprensa

Assessoria de imprensa do Projeto Bichos do Pantanal

Jornalista responsável: Karol Garcia – (66) 99981 5158 | (65) 2127 6650

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Misc recebe Oficina de Desenho de Observação para adolescentes

Publicado

em

O Museu de Imagem e do Som de Cuiabá (Misc) recebe uma Oficina de Desenho de Observação No Centro Histórico de Cuiabá, no sábado (20). O encontro, promovido pelo Instituto de Preservação do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan), é destinado a adolescentes com idades entre 12 a 18 anos e tem por objetivo despertar o interesse pela educação patrimonial.

É o que explica a mestranda em Preservação do Patrimônio Histórico do órgão, Maria Bárbara Guimarães. “Queremos entender como essas pessoas que transitam diariamente pela região percebem o Centro Histórico, como se relacionam com ele. A partir daí é que se torna possível a sensibilização para a importância da educação patrimonial na formação do cidadão.”

A aula acontece de 13h30 as 17h30 e será dividida em duas partes. Na primeira, os alunos introduzidos ao assunto. Na sequência, caminharão pelo Centro Histórico da Capital para reproduzirem as obras no papel. Diante disso, a recomendação é de que todos estejam confortavelmente vestidos e levem garrafas de água e chapéus, para se protegerem do sol e do calor.

Membro da comunidade global Urban Sketchers, o arquiteto Carlos Pina estará à frente da turma. O grupo do qual participa reúne artistas que praticam o desenho em locações nas cidades, vilas e aldeias onde vivem ou viajam. A tarefa da organização é elevar o valor artístico, narrativo e educativo do desenho de localização, promovendo sua prática e conectando pessoas ao redor do mundo.

De acordo com Maria Bárbara 15 vagas foram disponibilizadas para o encontro, contudo, se houver demanda, o número pode ser ampliado. Ela lembra que o material será fornecido pelo Iphan e que não é necessária habilidade prévia com o trabalho, apenas interesse em aprender. Toda a produção dos participantes será utilizada posteriormente em uma exposição no Misc.

“Já havíamos realizado outros cursos com alunos de arquitetura, mas este é o primeiro voltado exclusivamente a esta faixa etária. A intenção é abranger o conhecimento sobre o assunto, não o limitando a grupos de acadêmicos, por exemplo, que já estão mobilizados em torno disso”, diz.

O titular da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, destaca a realização de diferentes atividades no Museu, pensadas para atrair um público variado. “Por meio de ações como essa nós conseguimos atrair os mais jovens para o Misc, dando vida a ele. Há diversas propostas nesse sentido que vem fomentando o acesso à cultura por meio desse espaço.”

Os interessados em se matricular devem entrar em contato com Maria por meio do e-mail maria.guimaraes@iphan.gov.br, ou pelo telefone (65) 3322-9904.

 

Por  ANDRÉ GARCIA SANTANA

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana