conecte-se conosco


Educação

Escola Técnica de Alta Floresta abre processo seletivo para três novos cursos

Publicado

em

A Escola Técnica de Alta Floresta irá abrir o processo seletivo com 120 vagas para três novos cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) que são: Auxiliar de Geoprocessamento, Higienista de Serviço de Saúde e Cadista para a Construção Civil.

As inscrições começam na próxima segunda-feira (11.02) e vai até o dia 18 de fevereiro, das 7h30 às 11h, das 13h às 17h e das 19h30 às 21h30. Os candidatos devem apresentar RG, CPF e certificado de conclusão do Ensino Fundamental II. As aulas começam no dia 25 de fevereiro.

  As vagas são para estudantes que já concluíram o ensino fundamental II (6º ao 9º), ou equivalente e ter idade mínima de 16 anos completos até a data da matrícula, com exceção do curso de Higienista de Serviço de Saúde, o candidato deve ter idade mínima de 18 anos.

De acordo com a diretora da Escola Técnica, Emília Tarsitano, o curso FIC é um processo de ensino e aprendizagem voltado à formação para a elevação de escolaridade. Ainda segundo ela, as aulas na escola técnica iniciam no dia 11 deste mês para os cursos que estão em andamento.

O curso Auxiliar de Geoprocessamento tem carga horária de 160h, com 40 vagas disponíveis no período noturno. Já o curso de Higienista de Serviço de Saúde, tem 40 vagas e será de 240h no período noturno. O curso de Cadista para Construção Civil tem 40 vagas, será de 240h, no período vespertino.

Emilia explica que serão selecionados 120 candidatos que efetivarem suas inscrições por ordem de chegada, nos dias e horários estabelecidos conforme o Edital.

Serviço

Para obter mais informações, fale na Escola Técnica de Alta Floresta, que fica na Rua Canteiro Central entre as Travessas A e B, nº 10, Centro. Os contatos são: (66) 3521-4177 ou através do e-mail: unedaf@secitec.mt.gov.br.

Documentos para a Matrícula

  1. a) Histórico Escolar de Ensino Fundamental ou do Ensino Médio (original e fotocópia);
  2. b) Certidão de nascimento ou casamento (fotocópia);
  3. c) 01 (uma) foto 3×4 recente;
  4. d) Documento de identificação Oficial (original e fotocópia); RG;
  5. e) Cópia do CPF
  6. f) Cópia do Título de Eleitor (para candidatos com idade acima de 18 anos);
  7. g) Cópia da carteira de reservista ou comprovante quitação do serviço militar (para homens com idade acima de 18 anos);
  8. h) Cópia comprovante de endereço atualizado.

Att,

Soraya Medeiros

Educação

MEC quer saber quantas adolescentes em idade escolar engravidaram

Publicado

em

O Ministério da Educação (MEC) quer saber quantos casos de gravidez na adolescência ocorreram em 2018. Desde a última quinta-feira (14) está disponível para as escolas públicas e privadas o “Questionário sobre quantidade de casos de gravidez em adolescentes escolares”. O prazo para preencher os dados vai até 15 de abril.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo questionário, as escolas devem considerar os casos de gravidez em adolescentes na faixa etária de 10 a 19 anos de idade identificados no ano passado. Não será necessário identificar a adolescente.

O questionário deverá ser preenchido por gestores escolares ou por pessoas designadas pelas escolas. O acesso é por meio de um link no Sistema Educacenso,exclusivamente para o perfil escola.

O trabalho faz parte do programa Saúde na Escola, desenvolvido pelo MEC e Ministério da Saúde. A intenção é fortalecer ações conjuntas para reduzir o número de casos de gravidez na adolescência, além de garantir o cuidado integral às adolescentes grávidas.

 

Por Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana