conecte-se conosco


Eventos

Em sessão especial, Guilherme Maluf homenageia 15ª Companhia de Força Tática da Polícia Militar

Publicado

em

Há 11 anos a companhia atua de forma diferenciada no combate a diversos crimes em Mato Grosso

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB), realizou sessão especial na noite desta segunda-feira (05) em comemoração ao aniversário de 11 anos da 15ª Companhia Independente de Força Tática do 2º Comando Regional da Polícia Militar.

Na ocasião, o parlamentar ressaltou o trabalho prestado pela Força Tática no combate à violência e à criminalidade e homenageou todo o seu efetivo, composto por 76 militares, com a entrega de moções de aplausos.

“A Segurança Pública é hoje a principal preocupação da população e por isso é importante valorizar e apoiar o trabalho da Polícia Militar e especialmente das forças especiais, como é o caso desta companhia de força tática. A prevenção do crime através das ações de patrulha ostensiva reforçada e a repressão em locais com alto índice de crimes violentos é uma necessidade cada vez maior e isso tem que ser feito por equipes especializadas”, declarou.

Criada em 5 de novembro 2007, a 15ª Companhia Independente de Força Tática foi elevada à companhia independente em 2017 e tem como principal missão realizar patrulhamento tático de caráter enérgico e especializado, com treinamento específico, para serem utilizados em ocorrências de complexidade elevada.

Os policiais militares que integram a companhia atuam no município de Várzea Grande e também dão apoio ao policiamento nos municípios vizinhos de Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Jangada, Rosário Oeste, Acorizal e Nobres.

“A Força Tática atua de forma mais eficiente buscando atender demandas específicas da PM. Os policiais que integram a companhia recebem treinamento especializado e atuam principalmente nos crimes mais violentos, roubos com maior potencial de uso de força, furtos mais qualificados e também no tráfico de drogas. Hoje estamos comemorando 11 anos de cuidado e proteção aos cidadãos de bem e esse reconhecimento é muito importante para nos motivar a seguir em frente com o nosso trabalho”, ressaltou o comandante da 15ª Companhia de Força Tática, major Thiago Costa Gomes.

O secretário-adjunto de Integração Operacional, Jonildo José de Assis, agradeceu ao deputado Guilherme Maluf pela homenagem e destacou a importância da 15ª Companhia de Força Tática para a segurança do estado.

“O trabalho prestado pelos profissionais que integram a companhia contribui muito para a segurança do estado de Mato Grosso. Essa é uma homenagem merecida e estamos muito felizes pelo reconhecimento por parte da Assembleia Legislativa e do deputado Guilherme Maluf, um deputado aguerrido, que valoriza o trabalho dos profissionais da segurança”, declarou.

Há 10 meses atuando na 15ª Companhia de Força Tática, o soldado Renan Diego Assunção de Lara afirmou ter muito orgulho do trabalho que desempenha e agradeceu a homenagem recebida. “Para mim é uma grande satisfação fazer parte da Força Tática. É um trabalho muito significativo para a sociedade e também para nós”, afirmou.

Durante a sessão o deputado Guilherme Maluf também foi homenageado por sua atuação em prol da Segurança Pública do estado. “A partir de 2019, quando iniciarei meu quarto mandato, continuarei trabalhando pelo fortalecimento da Polícia Militar, pois assim estaremos garantindo mais segurança para toda a comunidade”, assegurou o parlamentar.

 

Comentários Facebook

Eventos

Rondonopolitano lança terceiro livro nesta sexta-feira no Casario

Publicado

em

Manifesto da Manifesta é o terceiro livro do jovem escritor rondonopolitano e acadêmico de Ciências Sociais pela Universidade Federal de Mato Grosso, Caio Augusto Ribeiro que será lançado na noite desta sexta-feira (16) no Casario de Rondonópolis.

No lançamento haverá projeção do filme Chiclete Imaginário do Cineasta Luiz Marchetti, performance teatral e declamação de poesia. Mais cedo, às 15 horas haverá uma oficina de poesia para 15 inscritos com idade superior à de 16 anos.

A obra traz poesia com contornos de um lirismo político que leva a existência e suas manifestações a um limite em que linguagem e estrutura se tornam um desafio para o poeta.

Caio tem 22 anos e outros dois livros lançados, Porão da Alma (2015) e Colecionador de Tempestades (2017), mas não se limita apenas ao escrito, sendo assim dirigiu o vídeo-arte Réquiem Para Flores (2017). Trabalha com teatro há quase dez anos e atualmente flerta com a performance.

“É um livro bem diferente do anterior porque nesse eu realmente me preocupei com o estudo de um conceito, estudando a construção de um manifesto enquanto passeava pelos principais manifestos do nosso tempo”, explica o artista.

Comentários Facebook
Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana