conecte-se conosco


Várzea Grande

Educação divulga Calendário Escolar com datas de matrículas para ano letivo de 2019

Publicado

em

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande divulgou o Calendário Escolar referente ao ano letivo de 2019. As deliberações que regulamentam os procedimentos do Calendário estão contidas na Portaria número 129/2018 da Educação, publicada no Diário Oficial Eletrônico dos Municípios de MT, considerando as disposições contidas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e Plano Municipal de Educação.

De acordo com a Superintendente Pedagógica, Gonçalina Rondon, o Calendário Escolar, do ano de 2019 deverá ter no mínimo 200 dias letivos, com carga horária mínima de 800 horas, tanto para a Educação Infantil quanto para o Ensino Fundamental, respeitando a especificidade de cada etapa, modalidade de ensino e carga horária estabelecida na matriz curricular. “Desta forma, o ano letivo de 2019 se iniciará no dia 11 de fevereiro e vai até o dia 13 de dezembro quando se encerrarão as atividades escolares nas unidades”, informou.

O período de matrícula para o ano letivo de 2019 ficou estabelecido da seguinte forma: Do dia 10 a 14 de dezembro de 2018, as escolas estarão atendendo os pais e responsáveis para a modalidade da Renovação de Matrícula para os alunos que já estão frequentando as unidades.

O período de matrícula para novos alunos nas unidades escolares de Várzea Grande ficou estabelecido do dia 7 ao dia 11 de janeiro de 2019. Além dos novos alunos, neste período poderão se matricular os alunos desistentes ou aqueles que não fizeram a renovação da matrícula no período previsto da Portaria.

O secretário Silvio Fidelis informou que de 4 a 8 de fevereiro, a Secretaria vai realizar a já tradicional Semana Pedagógica, reunindo todas as equipes gestoras e profissionais da Educação Básica que atuam no ambiente escolar para a promoção de Encontros Pedagógicos temáticos, reuniões de orientação, palestras, debates e organização para o início dos trabalhos referentes ao ano letivo. “Esses encontros são muito válidos para repassarmos informações, promover a interação dos profissionais, estimulando a troca de experiências e a valorização da vivência do profissional em sala de aula, tendo a excelência como meta para o aprendizado do aluno”, pontuou.

Por: Fred Nogueira

Comentários Facebook

Várzea Grande

UFMT assina e entrega ordens de serviço a construtoras e garante retomada das obras do Câmpus de Várzea Grande

Publicado

em

Foram entregues e assinadas na manhã desta sexta-feira (14) as ordens de serviço que garantem a retomada das obras do Câmpus de Várzea Grande da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). A contratação das empresas foi feita a partir de uma concorrência que englobou quatro lotes, totalizando um valor de contrato de R$ 7.908.194,89.

“Esse momento só foi possível devido ao trabalho de articulação entre a Administração da UFMT junto ao MEC para demonstrar a necessidade de retomada da obra para a efetiva implantação do Câmpus”, apontou a reitora da UFMT, professora Myrian Serra.

A construtora Kayabi venceu três lotes e dará sequência às obras da biblioteca, laboratórios, blocos de salas de aula e duas áreas de convivência. Já a LM Engenharia fará obras de um lote, referente a um bloco de salas de aula e duas áreas de vivência.

“A retomada das obras é de suma importância para a consolidação do Câmpus de Várzea Grande e também para o desenvolvimento dos nossos cincos cursos de engenharia, que formarão profissionais altamente qualificados para o mercado nacional”, afirmou o Pró-reitor do Câmpus de Várzea Grande, professor Mauro Lucio Naves Oliveira.

A reitora pontuou também que a retomada das obras é uma grande conquista, uma vez que elas já estão em estágio avançado. “Além disso, ela é muito importante para que os cursos de engenharia, que funcionam provisoriamente no Câmpus de Cuiabá, tenham as instalações próprias para o desenvolvimento acadêmico. Apesar da situação provisória, a Universidade tem envidado esforços para que consiga dar qualidade de ensino aos estudantes. No entanto, é visível que a identidade de discentes, professores e técnicos administrativos do Câmpus só será efetivada com a implantação do Câmpus de Várzea Grande”, prosseguiu a professora Myrian Serra, destacando que a UFMT definiu um projeto pedagógico diferenciado para que as engenharias e áreas estratégicas contempladas pelas graduações contribuam para o desenvolvimento de Mato Grosso.

Retomada

Segundo o secretário de Infraestrutura, Adriano Aparecido de Oliveira, na oportunidade também foi realizada uma reunião de início de obra que apresentou os procedimentos adotados pela Sinfra. “Tendo em vista que o prazo para início das obras é de até cinco dias após o recebimento da Ordem de Serviço, está previsto que os serviços de mobilização e construção do canteiro se iniciem já na próxima semana”, destacou. “A Secretaria de Infraestrutura tem trabalhado para a retomada das obras paralisadas e rescindidas. Através da Reitoria, vice-reitoria e Pró-reitoria de Planejamento [Proplan] tem havido um grande esforço para liberação de recursos de capital junto ao Ministério da Educação”, acrescentou.

O coordenador de Engenharia e Arquitetura, José Guilherme da Silva Moura, setor responsável pela elaboração do Plano de Trabalho para a solicitação dos recursos para conclusão das obras, realização do levantamento dos serviços necessários e projetos complementares, comentou que a coordenação acompanhou de perto o processo licitatório, inclusive dando suporte técnico para a análise das propostas. “Agora, além da fiscalização das obras, a CEA também trabalhará com a elaboração do projetos de arruamento, estacionamento e iluminação externa do Câmpus, obras necessárias e que estão previstas para serem licitadas em 2019”, finalizou.

Jornalista: Michel Lacombe

Comentários Facebook
Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana