conecte-se conosco


Política MT

Eduardo Botelho levará pedido de afastamento de Taques ao plenário da Assembleia

Publicado

em

Apesar de possuir a prerrogativa de poder decidir sozinho sobre a abertura ou não de um processo de investigação contra o governador Pedro Taques (PSDB), o presidente da Assembleia Legislativa Eduardo Botelho (DEM) afirma que irá tomar esta decisão em conjunto com os demais parlamentares.

De acordo com o democrata, o pedido formulado pela deputada Janaina Riva (MDB), o qual teve como base a delação premiada do empresário Alan Malouf, será submetido à apreciação do plenário na sessão desta terça-feira (06).

Vale ressaltar entretanto, que ele passou pelo crivo da Procuradoria da Casa de Leis, a qual reconheceu a legalidade do pedido por meio de um parecer técnico.

“Vou estudar o parecer feito pela procuradoria, vou analisar com cuidado e depois submeter, já na terça-feira, a apreciação dos deputados. Vou ouvi-los sobre o assunto. Caso a maioria entenda que eu deva acatar, assim o farei, caso contrário, vou arquivar”, enfatizou Botelho.

Caso os deputados se manifestem no sentido de apoiar a investigação contra o gestor tucano, Botelho terá que colocar em votação o afastamento do governador, o qual só será possível se for referendado por dois terços dos parlamentares.

O presidente já declarou que “não vê sentido” em afastar Taques do cargo neste momento, tendo em vista que restam apenas dois meses para ele terminar o seu mandato.

Prestes encerrar o seu mandato, Taques parece estar vivendo o verdadeiro inferno astral. Isto porque, este não é o único pedido de afastamento que pesa contra o governador no Parlamento Estadual.

Ainda há na Casa de Leis outro pedido de afastamento contra o governador, onde o Ministério Público Federal aponta um dano de R$ 88 milhões aos cofres públicos por conta de uma lei que aprovou isenção de impostos para o setor madeireiro.

Fonte: Diário de Cuiabá

Política MT

PSL recebe novos filiados e trabalha para se tornar o maior partido de Nobres

Publicado

em

Fonte: Elisângela Neponuceno-Nobres Noticias

Capitaneado pelo vereador Prof. Oscar Lara, atual presidente do PSL em Nobres, o partido recebeu novos filiados na tarde deste sábado (17), no Hotel Fazenda Mato Grosso em Cuiabá.

Oscar participou do grande  ato de filiação de MT, com presença do deputado estadual Delegado Claudinei Souza, deputado federal Nelson Barbudo e da Senadora Selma Arruda.

Eleito pela oposição em 2016 e vereador de primeiro mandato, hoje Oscar faz parte da base aliada do prefeito Leocir Hanel (PSDB).

Em entrevista ao Nobres Noticias, Lara afirma que o fortalecimento da sigla é inegável com as novas adesões e a adesão do prefeito que deve ocorrer nos próximos dias.

“Já vislumbramos novas perspectivas para o município de Nobres com o ingresso do secretário de turismo Daniel Martins, do empresário Vicente Campos, do empresário Clóvis da Vila Bom Jardim, da contadora Betinha, além de novos nomes que devem aderir em um ato que será realizado no município”, declarou.

Lara relembra os caminhos percorridos desde o inicio em 2015, quando começou a mobilização para fortalecer a sigla.

O vereador explicou que em 2016, saiu vitorioso das urnas e com a candidatura a vice, da ex-vereadora Neidinha, que compôs a chapa majoritária com o candidato Dr.Esmeraldo Ribeiro. Já em 2018, o partido saiu mais robustecido do pleito com a vitória do presidente Jair Messias Bolsonaro, da senadora Selma Arruda e do desconhecido Nelson Barbudo.

“O próximo passo é filiar o prefeito de Nobres Leocir Hanel, ele já foi convidado, estamos acertando os últimos detalhes, para composição da nova diretoria e apresentar nossos futuros candidatos”, concluiu.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana