conecte-se conosco



Polícia

Dois rapazes e uma moça são presos com 115 ecstasy e porções de maconha

Publicado

em

Dois rapazes e uma moça, em poder de 115 comprimidos de ecstasy, drogas e dinheiro, foram presos pela Polícia Judiciária Civil, no final da tarde de terça-feira (09.07), na Capital, em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

I.M.R.F.S. 20, conhecido por “Verde”, sua namorada Y.G.L., 20, e B. C.S.R., 20, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, em uma residência no bairro Jardim Imperial, durante diligências para identificar e mapear ponto de venda de droga.

Os investigadores avistaram quando um motociclista  chegou em frente do imóvel, rapidamente alguém saiu da casa e entregou algo a ele, que logo foi embora tomando rumo ignorado. Foi feita aproximação da residência, ocasião em que a jovem percebeu a presença dos policiais civis e os autorizou a entrar.

No interior da casa os investigadores encontraram dentro de um dos cômodos, os dois rapazes, que tentaram resistir às ordens dadas pela equipe, para que saíssem do quarto. Os policiais perguntaram sobre a existência de algo ilícito no local e um deles disse que tinha frasco com algumas porções de maconha para uso próprio.

Foram apreendidos vários pedaços e porções prontas para venda de maconha, uma balança de precisão, mais de R$ 580 em dinheiro, 115 comprimidos de droga sintética conhecida como “ecstasy”, duas pedras de pasta base, frasco com resquícios de cocaína, além de outros materiais utilizados para embalar entorpecentes.

Os três envolvidos foram encaminhados à DRE e autuados em flagrante por tráfico de drogas. Eles foram apresentados para audiência de custódia e colocados à disposição da Justiça.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Operação investiga garimpo ilegal de ouro em fazenda e prende três pessoas por crimes ambientais

Publicado

em

Operação Aurum, deflagrada pela Polícia Judiciária Civil de Colíder nesta terça-feira (19.11), com apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, prendeu três pessoas suspeitas da prática de crimes ambientais, como a extração e garimpagem ilegal de minério e usurpação de matéria-prima da União. A propriedade foi autuada pela Sema com multa no valor de R$ 1,100 milhão por crime ambiental.

Diligências realizadas por equipe da Delegacia Municipal de Colíder, coordenada pelo delegado Ruy Guilherme Peral, constataram indícios de crime ambiental em uma fazenda da região, onde era praticada a extração ilegal de ouro. No local foi apreendida uma pá escavadeira avaliada em R$ 160 mil.

Três pessoas, sendo um advogado e dois trabalhadores que operavam o equipamento na propriedade rural, foram autuadas em flagrante pelos crimes ambientais. O advogado T.V.R. se identificou aos policiais como responsável pela propriedade e pelas atividades de extração aurífera.

Os três homens foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Colíder para depoimentos e lavratura do flagrante. De acordo com o delegado Ruy Guilherme, a escavadeira ficou sob responsabilidade da Secretaria de Obras e Infraestrutura do município, que está como fiel depositária do equipamento.

Os três autuados continuam presos, uma vez que os delitos imputados ultrapassam cinco anos de prisão. Os flagrantes foram comunicados à Justiça Federal da região, a quem cabe decidir pela manutenção das prisões.

“As investigações continuam para coletar novas evidências dos crimes. Os proprietários da fazenda não se encontravam no local, mas serão autuados pela Polícia Civil nas práticas criminosas de danos ambientais”, explicou o delegado.

Em setembro deste ano, a Polícia esteve na mesma propriedade para apurar a atuação irregular de garimpo na fazenda, contudo, não foram encontrados indícios dos crimes ambientais que possivelmente teriam sido ocultados pelo responsável da área. “Continuamos atuando para combater a prática de crimes que trazem danos ambientais expressivos à região”, destacou o delgado Ruy Guilherme Peral.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana