conecte-se conosco


Esportes

De contrato renovado, Patric pode completar uma década ininterrupta de vínculo com o Atlético Mineiro: “Minha segunda casa”

Publicado

em

Fotos: Bruno Cantini/Atlético Mineiro

No dia 27 de dezembro de 2010, o lateral-direito Patric assinou contrato como novo jogador do Atlético Mineiro. Na oportunidade, com apenas 21 anos, o atleta chegava ao Galo após ser um dos principais destaques do Avaí no Brasileirão de 2010.

Na última terça-feira, o Clube Atlético Mineiro oficializou a prorrogação contratual de Patric até o final de 2020, ou seja, se cumprir o novo vínculo, o lateral-direito atingirá uma marca expressiva de 10 anos ininterruptos como jogador atleticano, algo raro hoje em dia no futebol mundial. “É minha segunda casa. Cheguei muito jovem e hoje sou um homem formado. Só tenho que agradecer todos que estão ou já passaram pelo clube desde que cheguei. Gostaria de valorizar a torcida atleticana também. Sempre tive muito carinho. Não apenas eu, Patric, mas minha família também. Posso garantir a todos que continuarei dando o meu melhor em prol do clube”, ressaltou o camisa 29.

Já com oito anos completados como atleta do Atlético Mineiro, Patric vem treinando forte na pré-temporada atleticana visando à temporada de 2019. O primeiro compromisso oficial do Galo será no próximo dia 20, diante do Boa, na largada do estadual. “Nossa pré-temporada vem sendo bem puxada. Teremos um ano com calendário cheio, de ótimas competições e precisamos nos preparar bem. O clube conseguiu manter a base do time que se classificou para Libertadores e trouxe reforços importantes, que qualificaram ainda mais nosso elenco. O sentimento de confiança é grande em fazer um 2019 histórico no Atlético, com títulos”, garantiu Patric.

Até o momento, Patric tem 137 partidas pelo Galo e marcou 10 gols. Ele espera aumentar cada vez mais esses números. “O Atlético Mineiro é o clube que mais defendi na carreira. Me sinto bem com essa camisa e quero aumentar cada vez mais o número de jogos pelo clube. Um atleta fica marcado por conquistas e quero ter muitos sucessos ainda pelo Galo para escrever cada vez mais meu nome na história do clube”, finalizou o lateral.

 

Fonte: Assessor de Imprensa

Esportes

FMF consulta empresa especializada sobre as condições do gramado da Arena Pantanal

Publicado

em

A Federação Matogrossense de Futebol consultou a World Sports, empresa que construiu o gramado da Arena Pantanal, sobre as atuais condições do gramado para o recebimento de eventos culturais. Com perspectiva da realização do Cuiabá 300, shows em comemoração aos 300 anos de Cuiabá entre os dias 06 e 08 de abril, a empresa apontou, que caso aconteça os shows, serão necessários no mínimo 30 dias para a recuperação do gramado da Arena Pantanal.

A empresa ainda relata que corre o risco de intervenções necessárias que necessitem até a troca parcial do gramado, dependendo da mobilização e desmobilização das estruturas do evento que contará com o fechamento parcial do gramado entre 7 a 10 dias.

Com o prazo de 30 dias para a recuperação da única praça esportiva de Cuiabá, a reta final do Campeonato Mato-grossense e o início do Campeonato Brasileiro da Série B seriam comprometidos podendo os times do Mixto, Operário Várzeagrandense, Dom Bosco e Cuiabá serem obrigados a jogar o restante da competição em outras cidades. Já pelo Brasileiro da Série B, o Cuiabá poderia não ter o aval da CBF para estrear dentro de casa na revanche contra o Operário-PR.

Além dos danos, a empresa especializada em gramados, que realiza a manutenção nos estádios da Arena Corinthians, Allianz Park, Arena de Dunas, Arena do Grêmio e Beira Rio, não recomenda que o gramado em Cuiabá receba shows, pois mesmo com o uso de piso especial protetor que poderá minimizar o problema com pisoteio, existe programado a instalação de palco no centro do campo e não existe proteção que consiga proteger o gramado.

A FMF, que mantém o cultivo do gramado da Arena Pantanal nos últimos cinco anos, ressalta mais uma vez a sua posição contraria a realização de eventos culturais dentro do gramado da arena e destaca os danos irreparáveis para o nosso futebol, ainda mais neste momento de crescimento do esporte mais popular do Brasil em Mato Grosso.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana