conecte-se conosco



Esportes

Copa Dorceu Dreon de Tênis começará nesta quarta-feira

Publicado

em

O nome do torneio é uma homenagem em vida ao tenista mais antigo de Primavera do Leste, Dorceu Damo Dreon, de 70 anos

Válido pela 4ª etapa do Circuito Estadual de Tênis do Estado de Mato Grosso, a Copa Dorceu Dreon de Tênis 2019 começará nesta quarta-feira (15), a partir das 15h, e seguirá até domingo (19.05), com entrada gratuita para o público assistir, na academia Ace Tênis, em Primavera do Leste (238km de Cuiabá). E haverá premiação em dinheiro para campeão e finalista da 1ª Classe Profissional e jogos nas categorias simples, duplas e beach tennis (tênis de areia/praia).

Organizado pela Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT) em parceria com clubes e academias, o Circuito Estadual proporcionará 16 etapas em 2019 e elas ocorrerão em 7 cidades (Cuiabá, Sinop, Sorriso, Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde, Alto Araguaia e Rondonópolis). E um dos maiores atrativos costumam ser as disputas dos tenistas locais, como é o caso de Pedro Nunes, que está em 1° do ranking, e Luiz Luna, que está em 4° lugar, ambos da 1ª Classe +34.

“É uma motivação a mais jogar em casa. É grande a expectativa de fazer um bom torneio, manter a posição no ranking e, se der, buscar o título e assumir o primeiro lugar. Eu e Pedro temos uma rivalidade sadia dentro de quadra. Nossos jogos sempre são bem disputados e será bem legal enfrentá-lo na final. Tenho praticado de 3 a 4 vezes por semana para aprimorar os golpes”, disse Luiz Felipe Luna, um gerente comercial de 40 anos, tenista desde os 11 anos de idade.

A Copa Dorceu Dreon de Tênis será sediada por Primavera do Leste e receberá atletas de seis cidades, de Cuiabá, Várzea Grande, Sorriso, Campo Verde, Alto Araguaia e, é claro, de Primavera do Leste. E uma das turmas que participará será a do Círculo Militar de Cuiabá, em que o professor de tênis, Antônio Batista dos Santos Neto viajará com uma equipe de 20 tenistas com idades entre 12 e 54 anos. Todos interessados em rever os amigos e se desenvolver no esporte.

“Competir ajuda no avanço do tenista nos aspectos técnicos, táticos, físicos e mentais do esporte. Permite a avaliação da melhora dos golpes e da capacidade de tomada de decisões. Dá a oportunidade de avaliar os erros e de pensar em como lidar com eles. E ensina a lidar com pressões e frustrações advindas de vitórias e derrotas.”, diz o professor do Círculo Militar, Antônio Batista Neto.

A Ace Tênis está localizada na rua Guiratinga, s/n, no bairro Jardim Itália, em Primavera do Leste, e pode ser contatada pelo telefone (66)98114-9780 (de Pedro Nunes). Mais informações disponíveis nas páginas Ace Tênis e da FMTT no Facebook.

Fonte: Assessoria- Junior Martins

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Ex-jogador da seleção é preso durante jogo no Mané Garrincha, em Brasília

Publicado

em

Uma operação da Polícia Civil no Distrito Federal prendeu durante a tarde deste sábado (25) o ex-jogador do Fluminense e da Seleção Brasileira, Roni. A prisão foi durante o jogo entre Botafogo e Palmeiras, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Também foi detido o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos. As prisões ocorreram após dois anos de investigação sobre um grupo criminoso especializado em fraudar o erário na realização de jogos de futebol.

Há suspeitas de inclusão de dados falsos no borderô, que são os boletins financeiros das partidas. Os advogados dos suspeitos não quiseram falar sobre as prisões.

Segundo os investigadores, o grupo informava um valor de arrecadação menor para pagar menos impostos e um aluguel menor pelo estádio Nacional Mané Garrincha, na capital. A prisão, comandada pela Coordenação Especial de Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil do DF, envolveu cerca de 150 policiais e foi feita em um dos camarotes do estádio.

Fraude pode envolver outras cidades

De acordo com o delegado Leonardo de Castro, da Coordenação Especial de Repressão ao Crime Organizado, à Corrupção, aos Crimes contra a Ordem Tributária e aos Crimes contra a Administração Pública, o alvo da investigação é um grupo de empresários, funcionários de empresas e pessoas ligadas ao esporte que, segundo a polícia, fraudava o fisco e recolhia menos impostos.

O ex-jogador Roniéliton Pereira dos Santos, o Roni, é dono de uma empresa que promove jogos e vende os ingressos. Roni teria comprado partidas dos clubes e levado para “outras praças”, como Brasília.

No Mané Garrincha, conforme o delegado, o ex-jogador tinha o apoio do presidente da Federação de Futebol do DF, Daniel Vasoncelos.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana