conecte-se conosco


Cuiabá

Consórcio Aeroeste arremata aeroportos de Mato Grosso com ágio superior a 4.700%

Publicado

em

O consórcio Aeroeste, formado pelas empresas Socicam Terminais Rodoviários (85%) e Sinart Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico (15%), arrematou em leilão realizado na Bolsa de Valores de São Paulo os aeroportos que integram o chamado “Bloco do Centro-Oeste”, nas cidades de Várzea Grande (Cuiabá), Rondonópolis, Sinop e Alta Floresta. Valor: R$ 40 milhões, com ágio de 4.737%. Além do consórcio vencedor, o bloco foi disputado por mais uma empresa, a Construcap, de São Paulo.

Além dos aeroportos de Mato Grosso,, foram a  leilão aeroportos do Nordeste e do Sudeste. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), com a disputa, realizada em três blocos, a arrecadação do governo ficou em R$ 2,377 bilhões, um valor de R$ 2,158 bilhões acima do mínimo fixado pelo edital para o valor de outorga inicial. O ágio médio do leilão foi de 986%.

Além do valor à vista, as regras do leilão preveem ainda uma outorga variável a ser paga ao longo dos 30 anos de concessão estimada em R$ 1,9 bilhão para os três blocos de aeroportos concedidos. O lote de aeroportos do Centro-Oeste, o menor dos três, tinha valor mínimo de R$ 800 mil.

“Chegamos a valores expressivos, o que demonstra o sucesso dessa iniciativa que começou em 2016, quando apresentei  relatório de avaliação do Plano Nacional de Desenvolvimento da Aviação Regional, à Comissão do Senado. Sugerimos os leilões em bloco e aí está esse grande resultado” – disse o senador Wellington Fagundes (PR-MT), que acompanhou o pregão na Bovespa ao lado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e do general Carlos Alberto dos Santos Cruz, ministro de Governo.

Presidente da Frente Parlamentar Mista da Logística de Transporte e Armazenagem, Fagundes afirmou que a concessão desses quatro aeroportos em Mato Grosso representa um dos marcos no avanço da logística no Estado. “É um sonho longamente acalentado pelo meu Estado. E lutamos muito por isso” – destacou o republicano. “Me sinto absolutamente contemplado sendo participante ativo dessa grande conquista”.

O leilão, segundo o ministro da Infraestrutura, confirmou a expectativa do Governo de forte disputa e interesse de investidores estrangeiros. Ao todo, 9 grupos de investidores apresentaram propostas no leilão de 12 aeroportos, divididos nos lotes Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste.  “Uma forte demonstração de confiança do investidor estrangeiro no vigor do mercado brasileiro, na condução da política econômica e na possibilidade de termos reformas”, disse Tarcísio Freitas.

 

Os quatro aeroportos de Mato Grosso tem uma movimentação estimada para este ano de 3,2 milhões de passageiros. Os investimentos previstos em  melhorias e modernização está estimado em R$ 771 milhões, sendo R$ 386 milhões até o quinto ano. O contrato de concessão terá validade de 30 anos.

 

Da assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Operação integrada prende nove pessoas por tráfico de drogas em Cuiabá

Publicado

em

Ação conjunta da Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil prendeu, na manhã desta sexta-feira (22.03), nove pessoas por envolvimento no tráfico de drogas.

Com os suspeitos foram apreendidos drogas, armas, munições, dinheiro e um explosivo, além de outros materiais para a venda do entorpecente. O cumprimento das prisões e apreensões aconteceram nos bairros Tijucal, Santa Isabel, Parque Geórgia e Jardim Fortaleza, todos na capital.

Entre os envolvidos estão os irmãos M.B.S e E.B.S, do Bairro Jardim Fortaleza, que foram presos com explosivo. Os outros presos são: K.R.S.R, 27 anos, T.K.F, 28 anos, G.D.C.S, 18 nos, P.O.S, 21 anos, S.M.P, 35 anos e G.F.B.B, 34 anos.

Após as prisões, todos os envolvidos foram encaminhados para a sede da Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE), onde foram ouvidos pelo delegado titular, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira. Posteriormente serão encaminhados para o Fórum para a audiência de custódia.

“É mais uma ação integrada que fortalece a segurança pública do Estado. Com estas prisões tiramos de circulação autores que fomentavam o comércio de drogas na Capital”, declarou o titular da DRE.

A operação denominada “Integração II” foi realizada por policiais militares do 1ª Comando Regional, 9º, 10º e 24º Batalhão da Polícia Militar e profissionais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes.

“É a segunda operação que o 1º Comando Regional faz em conjunto com a DRE. Vamos continuar trabalhando para prender os autores de delitos criminais, com foco de proporcionar sensação de segurança à sociedade. Esta repressão ao tráfico doméstico de drogas é essencial para potencializar a tranquilidade nos bairros”, enfatizou o tenente-coronel PM Sadá Ribeiro Parreira.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana