conecte-se conosco


Galeria de Fotos

Cleo exibe corpo ralado e posta: ‘Amando minha bunda grande’

Publicado

em

Cleo publicou foto nesta sexta-feira (25) mostrando um machucado no bumbum. “Com a bunda ralada de tanto fazer pose no chão da bica na fazenda, venho aqui apresentar meus 10 quilos à mais”, revelou a atriz.

 

“De costas porque eu tô amando minha bunda grande, também porque bunda dá like e porque minha bunda de fora é uma estética e não um atestado de caráter. E dane-se o sexy sem ser vulgar. Eu sou o que eu quiser quando eu bem entender”, disparou Cleo.

 

O clique realmente garantiu uma chuva de likes e elogios. “Meu feed trava com tanta beleza”, comentou um. “Bunda maravilhosa!”, elogiou outro. “Sem rótulos da sociedade, maravilhosa é assim”, opinou um terceiro.

Cleo (Foto: Reprodução)
Cleo (Foto: Reprodução)
Cleo (Foto: Instagram/Reprodução)
Cleo (Foto: Reprodução)
Fonte: Quem

Galeria de Fotos

Mãe solteira, Alyne Lary, conta como venceu a depressão e o preconceito

Publicado

em

A modelo Alyne Lary tem 29 anos e acumula uma legião de fãs nas redes sociais, que a todo tempo, a cada foto postada, elogiam sua beleza e suas curvas, o que tem atraído diversas marcas e parcerias pelo . Por trás do sucesso como modelo e de chegar a estampar a capa de uma famosa revista masculina, existe a história de uma mãe solteira, que venceu a depressão, o preconceito e hoje é um sex symbol, referencial de beleza, auto estima e empoderamento.
Alyne é nascida e criada na cidade de Chapecó, em Santa Catarina, mas precisou mudar-se para Balneário Camboriú devido à situação econômica do país: “Eu fui bancária por 10 anos, mas há dois anos atrás, quando a economia do Brasil estava no pior momento da crise, e também devido a muita pressão no ambiente de trabalho, resolvi voltar para a profissão que sempre amei, que é a de modelo. Saí do banco e vim para Camboriú, e comecei a investir meu tempo na rede social, com fotos e vídeos no Instagram. Assim, acumulei muitos seguidores e surgiu o convite para a Revista Sexy”, revela.
No passado, a modelo já foi campeã de concursos de beleza na região sul, e por isso decidiu voltar a investir na carreira de modelo. No entanto, Alyne relata que foi vítima de preconceito por essa escolha: “Após minha separação, e o fim de um casamento que durou 7 anos, tive depressão e voltar a modelar me ajudou a dar a volta por cima. Superar os meus medos e angústias foi mais um motivador para vir para Balneário Camboriú e retomar a carreira. Fui muito criticada, tanto por ser uma mulher separada e consequentemente mãe solteira, como por ter decidido abraçar a profissão de modelo”.
Alyne mudou-se com seus dois filhos em busca de uma nova vida e conta como conseguiu vencer a depressão: “meus filhos foram minha motivação, e por eles aprendi a lidar com o preconceito de cabeça erguida. Não tive apoio de ninguém. Corri atrás, me formei em gestão, paguei sozinha pelos meus estudos na faculdade, segui a carreira de bancária, mas hoje trabalho somente como modelo, e me sinto realizada”.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana