conecte-se conosco


Interior

Chapada recebe Festival de Blues no mês de novembro.

Publicado

em

Geodésica in Blues Festival 3ª Edição é uma semente que foi plantada no terreno fértil e etílico do Sítio monjolinho, localizado no Vale da Bêncão, município de Chapada dos Guimarães, centro geodésico da América do Sul.
Batizado com o homônimo da cachaça artesanal, orgânica, produzida dentro da propriedade, durante uma conversa entusiasmada sobre blues, eventos, amigos e alguns shots do néctar local, eis que a ideia começa a ser desenvolvida.

Inicialmente em pequena escala, para poucos apreciadores, começa a ser produzido ali, no mesmo local onde a Cachaça Geodésica é fabricada, um evento de blues, intimista, e com aquele sabor musical apurado, com todo o cuidado na produção, e com o resultado que não poderia ser outro: sabor de “mais uma dose”.

O evento então começa a sair além das porteiras do sítio, e oferece uma versão um pouco maior, para mais pessoas apreciarem e curtirem o que o blues tem a oferecer, e, na segunda edição o guitarrista Fábio Brum, já reconhecido no cenário do blues do centro-oeste e atuando em São Paulo com grandes nomes do blues, aceita o convite, vem até a Chapada, faz um show ao lado de outras atrações locais (Brand Blues e Alligators Blues Band). Mais uma vez a Cachaça Geodésica brindou com sabor e qualidade a todos os presentes com o melhor do blues, desta vez no centro da cidade no Espaço Pomodori.

Agora, a semente que foi plantada, começa a germinar, e pretende dar bons frutos. Sendo semeada com um pouco daquilo que temos de melhor no blues local, regional e nacional.
Uma versão totalmente aberta ao público, para que mais pessoas, cada vez mais possam apreciar e saborear o que o blues tem para oferecer em emoção e qualidade musical.

A 3ª edição traz os artistas Renato Mendes & Rick Bérgamo (MS), Décio Caetano (PR), que dispensam apresentações pelo tamanho de suas representatividades ao cenário do blues nacional. São mais de 20 anos de carreira, muita bagagem e muitos caminhos percorridos até chegarem ao nosso destino em Chapada dos Guimarães, pra trazer aquilo que sabem fazer de melhor pelo mundo a fora.
Somando ainda para enriquecer o festival, os nomes do blues local que já são conhecidos: Allan Regis & Mississipi Jr., Stone Flower Blues, e a grande revelação do blues cuiabano SilverGuy

Além disso, ainda haverá uma apresentação surpresa, que fará uma homenagem à um grande nome do blues nacional. Inciando assim nesta edição: o homenageado do evento, que terá seu nome lembrado durante toda a programação e cerimonial do Festival.

Assim, aquela semente que foi plantada no solo fértil da plantação de cana-de-açucar, onde é fabricado o néctar chamado Cachaça Geodésica, começa a dar resultado também no blues do Mato Grosso. Geodésica in Blues Festival, pretende fazer parte do calendário oficial de eventos do município de Chapada dos Guimarães, e, tem como objetivo maior entrar para o Circuito Nacional de Blues, assim quem sabe, se tornar um evento internacional.

Esta é a historia até o momento… vamos desfrutando deste sabor, apreciando esta emoção.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Interior

Homem transportando droga tenta fugir da polícia e acaba baleado

Publicado

em

Um homem, de 21 anos, foi preso, há pouco, por investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) transportando tabletes de maconha, em um Fiat Uno vinho no bairro Jardim das Violeta. Ele tentou fugir da abordagem, mas não conseguiu. Foram apreendidos cerca de 20 quilos de maconha – parte no carro e outra em uma residência.

Durante o acompanhamento tático, o suspeito teria tentado sacar uma arma calibre 6.35 para atirar nos policiais, que revidaram. Foram efetuados cerca de seis tiros no carro em que ele estava conduzindo. Um dos disparados perfurou a lataria e acabou atingido um dos pés dele. O acusado deve passar por uma avaliação médica, mas não corre risco de morte.

A versão investigada é que o suspeito já estava sendo monitorado pelos policiais. Ele seria proprietário de uma revenda de açaí e utilizava o local pra fazer a venda dos entorpecentes. A droga apreendida teria sido comprada em Mato Grosso do Sul para ser distribuída em Sinop.

O delegado da Derf, Hugo Ângelo Reck de Mendonça disse, ao Só Notícias, que o acusado deve se indiciado por pelo menos dois crimes. “Ele deverá responder por tráfico de drogas e posse ilegal arma de fogo. Além disso, ele faz parte de uma fação criminosa. Também está sendo investigado o envolvimento de mais pessoas. Esse tipo de crime sempre tem envolvimento de mais pessoas”.

Em instantes, mais detalhes

 

 

Por Só Noticias

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana