conecte-se conosco



Cultura

André D`Lucca volta aos palcos com o sucesso Os Segredos de Almerinda

Publicado

em

O dia tão esperado chegou! Almerinda retorna aos palcos, no dia 14 de julho, às 20h, no teatro Cerrado Zulmira Canavarros, com o espetáculo “Os Segredos de Almerinda”. Esta será a primeira apresentação do ator André D`Lucca, após um inesperado problema de saúde que o deixou meses acamado. Quem fará o analista desta temporada será o ator Wagton Douglas.

“A expectativa e a saudade dos palcos é imensa. Poder retornar após quatro meses de cama é praticamente um presente do universo. Eu tenho cada vez mais certeza, assim como todos ao meu redor, que eu nasci para fazer isso, essa é a minha vida, é isso que me faz feliz, que me mantem de pé. Eu realmente encontrei a minha missão aqui na terra que é atuar e passar uma mensagem por meio do meu trabalho, da minha arte. Eu estive de frente para a morte e ficou muito claro que não era a minha hora de partir, então eu ainda tenho muita coisa para fazer aqui e quero fazer da melhor forma possível”, frisa D`Lucca.

Segundo D`Lucca, Almerinda é um personagem muito confortável de fazer e sabe que a maioria de seu público já assistiu várias vezes, mas diz que nunca é igual, sempre é diferente para o ator e para quem está vendo. Por isso ele espera que a casa esteja lotada com amigos, de pessoas que acompanham o trabalho dele como ator, que querem vê-lo, pois será um momento muito emocionante de sua carreira.

“A gente sempre atualiza para não ficar maçante para a equipe e para o público. Por isso todos os anos sempre trabalhamos em cima de algum acontecimento forte, onde abordamos no espetáculo”, conta o ator.

Os Segredos de Almerinda comemora 19 anos em cartaz, em 2019, onde é sucesso de público.

O cenário da peça é composto por Almerinda George Lowsbi, um analista e um divã. Com esses três elementos o ator discorre sobre Os Segredos de Almerinda que fazem o público se esgotar de rir durante os 60 minutos de espetáculo, tempo aproximado a uma sessão de análise freudiana, enquanto aguardam a grande revelação.

Cheia de traumas, com um comportamento atípico, ela se apresenta neurótica, histérica, impulsiva e com surtos psicóticos, que faz revelações bombásticas em suas sessões de análise.

Um dos problemas da personagem é a morte do marido, chamado Richard, as lembranças da infância perturbada, a presença de seu filho com tendências homossexuais, a demissão de uma empregada com mais de 20 anos de serviços prestados e a estreia de um programa de auditório destinado ao público suicida.

Almerinda ainda esconde um grande segredo por toda vida, que mudará o rumo de suas sessões de análise.

Walter Machado é o psiquiatra de Almê, que será interpretado pelo ator Wagton Douglas. Por ser um personagem de apoio e não ter textos, tem a função de dar cor às falas de Almerinda com reações corporais. Ele é apenas ouvidos, mas é ele quem elucida ao público os absurdos relatados por Almerinda.

“Fiquei realmente surpreso com o convite do André e ao mesmo tempo envaidecido. É sempre um prazer dividir o palco com pessoas que a gente admira. E eu admiro muito o trabalho de André, a sua integridade no que ele propôs a fazer na vida, que é o teatro. A doença o amadureceu muito. Ele está mais focado no que é mais importante para ele, e descobriu que a pessoa mais importante do mundo é ele próprio”, destaca Wagton Douglas.

Com texto originalmente criado por D”Lucca, em 2000, conta com a colaboração de José Augusto Barbosa, e ganhou novo formato com a direção e supervisão de Heloísa Périssé e Ingrid Guimarães, desde 2001.

Os Segredos de Almerinda é sucesso de público desde o princípio. Quando esteve no Rio de Janeiro o espetáculo permaneceu durante nove meses em cartaz, lotou o teatro nas 50 apresentações realizadas e foi considerado a grande surpresa da temporada.

Em 2004 D’Lucca ganha destaque ao apresentar uma cena de Almerinda no Domingão do Faustão. O sucesso foi tamanho que a cena foi reprisada nos melhores momentos do ano, daquele programa.

Já teve em seu elenco Paulo Nicácio como o analista, aluno de destaque da escola de D’Lucca, Espaço Incasa, na assistência técnica Chris Fontoura, iluminação de Lorivaldo Rodrigues, sonoplastia de Danilo Panda, figurino de Alzira Braga e arte visual de Fernanda Fernandes.

INGRESSOS

Com censura de 12 anos de idade, os ingressos já estão sendo vendidos no valor de R$ 40 e R$ 20 meia entrada. Também tem o ingresso solidário de R$ 20 mais um litro de leite. A venda online pode ser feita pelo site Guichê Web https://www.guicheweb.com.br/ingressos/11480.

 

Por Beatriz Saturnino – Da Assessoria de Imprensa

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Museu do Rio recebe festival de celebração ao Dia da Consciência Negra

Publicado

em

Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, o Museu do Rio recebe nesta quarta-feira (20) o Festival Kwanzaa. O evento, marcado para começar às 19h, tem em sua programação apresentação musical do grupo Cangoma e samba com Bia Boréu, o siriri do grupo Flor do Campo, o cururu do Tradição Cuiabana do Coxipó, a dança afro da Cia Ayoluwa, a apresentação teatral do Grupo Cênicos com a peça “Julieta e Romeu, além de exposição de roupas e acessórios de Diela Tamba e penteados afros com Ana Fashion. O evento é gratuito e é realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo.

Do swahili, língua banto com maior número de falantes no continente africano, “Matunda ya Kwanza” é a celebração dos “primeiros frutos”, que se refere a memória africana da colheita, ritual de grande importância ancestral na construção identitária dos povos africanos. Assim, Kwanzaa nasce recriando o vínculo entre afrodescendentes e suas raízes.

O festival se consagra na Capital como espaço de representatividade e valorização da cultura afro-brasileira. “É uma ação de valorização da cultura afrodescendente dentro de Cuiabá, para fortalecer o combate à desigualdade racial. É, sem dúvidas, um instrumento a mais para expressarmos os ideais da gestão humanizada, que é a promoção da igualdade social”, comentou o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo.

Em seu terceiro ano de bons frutos em Cuiabá, o secretário-adjunto de Cultura, Justino Astrevo, declara que a realização do Kwanzaa tem por objetivo a promoção de ações culturais de identidade africana, a fim de evidenciar as contribuições e conquistas do povo afro-brasileiro na construção de Cuiabá em suas tantas esferas como sociedade.

“É importante marcar a data para que o movimento se solidifique, cresça e ganhe cada vez mais espaço em Cuiabá. Porque a celebração do Dia da Consciência Negra é na verdade todo um mês de eventos que se inicia na Lavagem das Escadarias, que promove a tolerância religiosa e que este ano, vai culminar com um evento no MISC. Para a Secretaria de Cultura é importante que haja esta inclusão das manifestações da cultura afro nos eventos do Município e é para isso que trabalhamos”, concluiu o secretário-adjunto.

SERVIÇO

O que: 3ª edição Festival Kwanzaa

Quando: quarta-feira (20), às 19h

Onde: Museu do Rio, Orla do Porto de Cuiabá

Evento gratuito

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana