conecte-se conosco



Interior

7° BPM lança ‘Operação Escola Segura em Rosário Oeste

Publicado

em

Diretores, coordenadores de escolas municipais prestigiaram o lançamento oficial da Operação Escola Segura, realizada pelo 7° BPM, na tarde desta sexta-feira (17), no cinema municipal em Rosário Oeste, sob comando da tenente-coronel Cláudia Regina, que abriu o evento apresentando à comunidade escolar as estratégias que serão empregadas no enfrentamento à criminalidade nas escolas e suas adjacências.

“Nos últimos tempos, temos acompanhado de perto a situação, de violência nas escolas, o que gera insegurança, nosso trabalho é prevenir, a operação escola segura visa a aproximação com a comunidade escolar, as visitas, blitz, tem o objetivo de coibir a atuação de práticas ilícitas no âmbito escolar”, disse a comandante.

A vice-prefeita Tânia Conrado, diretora do Educandário Allan Kardec, falou da importância da Polícia Militar, no âmbito da comunidade escolar e das boas referências, que os alunos experimentam com esta aproximação.

 

 

“A presença dos militares nas unidades de ensino, fortalece o vínculo da instituição com nossos adolescentes e jovens, que logo aprendem noções de cidadania, com o respeito imposto pelos PM’s, frisou.

A Secretária Municipal de Educação Jane Márcia Talarico, adiantou que as visitas e integração nas unidades educacionais já começaram a surtir efeitos positivos, para pais, alunos e funcionários.
Jane anunciou que pretende reeditar o Proerd (Programa Educacional de Resistência às drogas e a violência), em agosto, para diminuir o consumo de bebidas e inibir a ação de traficantes que procuram alunos, para e venda e revenda de drogas ilícitas.

Na oportunidade, o Ten Cel PM Fagner ministrou a palestra “Ética na convivência e violência nas escolas: o papel da Polícia Militar” e o 2° Ten. PM Ishi apresentou “Orientações de segurança em ambiente escolar”.

Ao final houve um diálogo entre os policiais militares e o público presente, no sentido de promover ideias e ampliar o debate da problemática em questão.

7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste  7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste 7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste  7° BPM lança 'Operação Escola Segura em Rosário Oeste

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Interior

Câmara de Nobres descumpre Lei de transparência; portal está desatualizado há mais de um ano

Publicado

em

Acompanhar a gestão financeira da administração municipal pela internet é um direito que moradores de todas as cidades brasileiras têm, desde 2011, com a lei de responsabilidade fiscal.

O princípio constitucional da publicidade e da  transparência, lei n. 12527/2011, que  determina que o poder público deve dar publicidade de seus atos, facilitando o acesso à informação aos cidadãos, com publicações de algumas informações por meio eletrônico e demais meios, está sendo desrespeitada pela Câmara Municipal, que não atualiza o portal do legislativo há mais de um ano.

Sob justificativa de que necessita de uma nova empresa para administrar o site, o atual presidente, André Avelino Bezerra já levou praticamente um semestre inteiro e não conseguiu finalizar a nova formatação.

A Câmara até contratou a mesma empresa que presta serviço para a prefeitura de Nobres para atualizar o portal transparência e enviar dados ao sistema Aplic do Tribunal de Contas, mas os atos, projetos, leis e indicações dos vereadores, continuarão sem divulgação.

O Tribunal de Contas está multando a maioria dos gestores que não empregam o que preconiza a lei de transparência e não será diferente com a Câmara de Nobres.

Na contramão, os parlamentares se arvoram em divulgar seus feitos e ações em suas próprias redes sociais o que acaba sendo ainda mais trágico, pois confundem o serviço do vereador, postando obras do executivo, como feitos deles próprios, usam fotos inadequadas e o pior de tudo é aguentar a “VERBORRAGIA”, utilizada.

Com os  erros crassos de português, que chegam a ser um verdadeiro desserviço ao leitor, principalmente aos adolescentes que estão no Ensino Fundamental que necessitam de textos concisos para aprender o bom e correto português, pagam o maior MICO, achando que estão prestando um serviço de comunicação, na verdade estão dando vexame publico.

A conotação social da trágica atitude do legislativo nobrense é que a maior parte dos vereadores não trabalha, pois não existe divulgação dos serviços realizados, isto pode implicar na reeleição de muitos, como aconteceu na última eleição, onde a população rejeitou a grande maioria reelegendo apenas dois vereadores, Adelian Messias e Zilmai Ferreira.

O que temos é uma página ultrapassada que apresenta links com erro, falta de informações e dados desatualizados. A lei determina que as páginas devem ser de fácil acesso e disponibilizar receitas e despesas em tempo real, informando inclusive o nome dos fornecedores. “Ao cidadão não pode ser negado o que está na lei.

“Ao cidadão cabe  ao Ministério Público ou associações que protegem o direito de acesso à informação.

 

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana