conecte-se conosco



Esportes

Campeonato Pan-americano de BMX Racing 2019 Americana (SP) 23 a 25 de Maio

Publicado

em

A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), confirma a realização do Campeonato Pan-Americano de BMX Racing na pista do Complexo Esportivo Ayrton Senna, entre os dias 23 e 25 de maio de 2019.

Os melhores pilotos das Américas estarão presentes no torneio, que também soma pontos para a corrida classificatória para Tóquio 2020.

O Pan estará promovendo disputas em todas as categorias oficiais da UCI, além de categorias promocionais visando o fomento da modalidade.

O coordenador da disciplina na CBC, Kleber Santos, representou a confederação na reunião e destacou a importância de trazer o evento para o país. “Trata-se de uma competição de muita relevância para a modalidade. São esperados mais de 800 pilotos de vários países, além de um grande público que sempre acompanha as competições. A realização do Pan confirma o grande potencial que o Brasil tem para realizar grandes eventos. Os nossos atletas terão uma grande oportunidade de disputar um título continental em casa, contando com o apoio massivo da torcida brasileira”, declarou Kleber.

Mato Grosso participa de forma antológica, com 16 pilotos do terceiro evento mais importante desta modalidade. O Campeonato Pan-americano é o ingresso definitivo dos atletas (pilotos) mato-grossense no cenário internacional. A base é excelente, tanto é que Mato Grosso tem a atual Campeã brasileira da categoria Girl (08/09) Marina Godoy de Lucas do Rio Verde. Outros onze pilotos também tomam parte neste impar evento internacional, cita Manoel Lima, dirigente da FMTC. Essa participação é fruto da união e esforços do empresário Fernando Godoy (Lucas do Rio Verde), do desportista e atleta André Pavan, Prefeituras de Lucas do Rio Verde, Sinop, Sorriso e Federação Mato-grossense de Ciclismo, finaliza Lima.

Fonte:Manoel Lima 

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Ex-jogador da seleção é preso durante jogo no Mané Garrincha, em Brasília

Publicado

em

Uma operação da Polícia Civil no Distrito Federal prendeu durante a tarde deste sábado (25) o ex-jogador do Fluminense e da Seleção Brasileira, Roni. A prisão foi durante o jogo entre Botafogo e Palmeiras, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Também foi detido o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos. As prisões ocorreram após dois anos de investigação sobre um grupo criminoso especializado em fraudar o erário na realização de jogos de futebol.

Há suspeitas de inclusão de dados falsos no borderô, que são os boletins financeiros das partidas. Os advogados dos suspeitos não quiseram falar sobre as prisões.

Segundo os investigadores, o grupo informava um valor de arrecadação menor para pagar menos impostos e um aluguel menor pelo estádio Nacional Mané Garrincha, na capital. A prisão, comandada pela Coordenação Especial de Combate ao Crime Organizado da Polícia Civil do DF, envolveu cerca de 150 policiais e foi feita em um dos camarotes do estádio.

Fraude pode envolver outras cidades

De acordo com o delegado Leonardo de Castro, da Coordenação Especial de Repressão ao Crime Organizado, à Corrupção, aos Crimes contra a Ordem Tributária e aos Crimes contra a Administração Pública, o alvo da investigação é um grupo de empresários, funcionários de empresas e pessoas ligadas ao esporte que, segundo a polícia, fraudava o fisco e recolhia menos impostos.

O ex-jogador Roniéliton Pereira dos Santos, o Roni, é dono de uma empresa que promove jogos e vende os ingressos. Roni teria comprado partidas dos clubes e levado para “outras praças”, como Brasília.

No Mané Garrincha, conforme o delegado, o ex-jogador tinha o apoio do presidente da Federação de Futebol do DF, Daniel Vasoncelos.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana