conecte-se conosco



Artigos

158 anos de muitas lutas

Publicado

em

Rosário Oeste é uma cidade com 158 anos de história, um município  com grandes contrastes econômicos e sociais, de uma gente honesta e batalhadora. Celebrar mais um aniversário de Rosário Oeste como gestor é desafiador para nossa administração que se pauta pela ética, efetiva aplicação dos recursos públicos e prioriza os setores essenciais, como saúde, educação e infraestrutura.

Nosso município é terra de onde emana leite e mel, isto é visto na Agricultura Familiar. Porém para robustecer nossa economia, a maior parte de nossa receita vem dos impostos e convênios, o que muitas vezes ocasiona desequilíbrio.

 

Precisamos de parceria público-privada, para continuar dando condições de trafegabilidade para grandes e pequenos produtores.

O empresariado, deve caminhar de mãos dadas com a administração, pois o custo aos cofres públicos para manter estradas e pontes em bom estado servindo de corredor para o escoamento da produção é alto, precisamos mudar esta realidade, caminhar de mãos dadas é o segredo.

Mesmo com as grandes barreiras encontradas, nossa equipe trabalha arduamente para encontrar soluções para os problemas diários que se apresentam.

Nossos deputados, senadores e os vereadores realmente comprometidos com o desenvolvimento da cidade, foram ao longo dos últimos anos, peças fundamentais para garantir recursos que foram investidos na saúde, com a compra de novos equipamentos, modernização do laboratório municipal, aquisição de ambulâncias, implantação da UTI movél.

Nosso maior legado é sem dúvida priorizar o ser humano, investindo na capacitação de produtores rurais, educadores, merendeiras e da comunidade que por meio de parcerias com entidades oferecem cursos de qualificação e preparam nossos jovens para o mercado de trabalho.

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Artigos

O governo pode estar certo!

Publicado

em

Nas últimas semanas, o projeto de lei que trata da revisão dos incentivos fiscais
em Mato Grosso (PL 114/19), tomou conta dos noticiários e não menos, dos
bastidores mais recônditos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. E não é
para menos, pois é um dos mais importantes projetos de lei dos últimos tempos
no Estado de Mato Grosso.

Trata-se, primeiramente, de uma obrigação. Cumpre o Governo estadual, uma
exigência imposta por lei federal, com prazo final em 31/07/19. Até lá, o
governo tem de “fazer um inventário” de todos e quaisquer atos normativos,
que concederam incentivos fiscais, editar uma Lei e, posteriormente depositar
junto ao CONFAZ, assim, regularizando todos os incentivos fiscais que
permanecerem “aprovados” após este processo legislativo.

Há que se destacar que todos os estados deverão fazer o mesmo, sob pena
capital de REVOGAÇÃO de todos os incentivos fiscais até aqui concedidos.
Após apresentação do Projeto, começou um “Deus nos acuda”. Os sindicatos
patronais, poderosos como sempre, lançaram mão de suas artilharias pesadas,
criando uma narrativa de aumento de impostos e de que isso, sem dúvida se
reverteria em aumento de preços.

E o que fizeram os sindicatos dos servidores públicos, o Fórum Sindical e demais
entidades de defesa dos consumidores e trabalhadores? Até agora nada, nem
uma nota, nem um pio sobre o assunto.
Neste sentido, dou o primeiro passo sobre esse necessário posicionamento. Não
é por que “hay gobierno que soy contra”. Tento ser mais responsável neste
momento de duro embate entre as categorias e o governo de Mauro Mendes.

 

Antonio Wagner Oliveira

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana